top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Piracicaba: coleta de assinaturas contra corte de verbas na educação e por universidade federal


Em Piracicaba (SP), a Praça José Bonifácio é um dos pontos de coleta de assinaturas - Foto: Divulgação

A Apeoesp - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial no Estado de São Paulo e o mandato popular da deputada estadual Professora Bebel (PT) estão nas ruas de Piracicaba (SP), participando ativamente da campanha estadual pela coleta de 300 mil assinaturas para apresentação de uma PEC - Proposta de Emenda à Constituição Estadual, de iniciativa popular, para barrar a redução dos recursos na educação estadual e também coletando assinaturas para abaixo-assinado a ser entregue ao Governo Federal pela instalação de uma universidade federal no município.


De acordo com a Professora Bebel, que também é segunda presidenta da Apeoesp, a intenção é de fazer uma grande mobilização na cidade, inclusive nos bairros, para envolvimento da sociedade piracicabana nestas campanhas que visam a melhoria da educação pública tanto no Estado de São Paulo, como no País, e também por uma universidade federal na cidade, que beneficiará toda RMP - Região Metropolitana de Piracicaba.



Em defesa da instalação de uma universidade federal em Piracicaba, no Campus Taquaral da Unimep, que foi desativado no início deste ano, o movimento já contabiliza mais de 16.500 assinaturas, entre física e on-line. A deputada Professora Bebel, que é coordenadora da Frente Parlamentar na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, em defesa da ampliação do Instituto Federal e das Universidades federais no Estado de São Paulo, tem feito gestões junto ao governo do presidente Lula para que seja federalizado o antigo Campus Taquaral da Unimep.


O Campus Taquaral foi desativado no início de 2023 e Bebel já levou esta reivindicação ao próprio presidente Lula, em audiência no Palácio do Planalto, no dia 7 de março deste ano, assim como teve audiências com os ministros da Educação, Camilo Santana; de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, e com o do Trabalho, Luiz Marinho, com o mesmo objetivo. Também promoveu audiência pública, em Piracicaba, com a participação de Denise Pires de Carvalho, secretária de Ensino Superior do MEC, disse que o governo do presidente Lula planeja a expansão das universidades federais no Brasil, mas que neste momento tem como prioridade concluir a consolidação dos campus pré-existentes e retomar o orçamento das universidades.


CONTRA O CORTE DE VERBAS

A outra coleta de assinaturas é contra a PEC 09/2023, do governador Tarcísio de Freitas, que quer reduzir de 30% paras 25% os recursos para a área da educação pública no Estado de São Paulo. “A aprovação desta PEC significa um corte de pelo menos R$ 9 bilhões na área da educação no nosso Estado, o que irá prejudicar toda educação pública, do ensino fundamental à universidade”, diz Bebel.


Por se tratar de uma PEC de iniciativa popular, e não de um abaixo-assinado comum, é necessário que cada pessoa informe o número de seu título de eleitor, sem o que a assinatura não terá validade. De acordo com a segunda presidenta da Apeoesp, é necessário que toda sociedade paulista se envolva nesta campanha, uma vez que caso esse corte se concretize, todos perdem.


“Perdem os estudantes da educação básica e do ensino superior, os professores e os demais profissionais da educação. Perdem as famílias, perde o Brasil. Menos investimento em educação significa menos desenvolvimento econômico, cultural, menos pesquisa, menor produção científica e tecnológica e, no limite, o comprometimento da soberania nacional no cenário mundial. Esta campanha é contra tudo isso”, destaca a parlamentar, apelando à população para que assine esses abaixo-assinados, tanto em seu gabinete, na rua Governador Pedro de Toledo, 1765, assim como na subsede da Apeoesp em Piracicaba e com apoiadores que estão na Praça José Bonifácio e em bairros da cidade.




Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page