top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

From Atomic mostra texturas sonoras em 'Love, Fate, Now & Forever', o segundo disco da carreira


Trio de Coimbra (Portugal) incrementa com mais synths em 11 canções intensas e densas - Imagem: Daniela Barbosa

O power trio português From Atomic, de Coimbra, acaba de lançar o segundo disco da carreira, o denso, obscuro e intenso Love, Fate, Now & Forever, um álbum para fãs de dreampop, indienoise e shoegaze, que chega ao streaming na América do Sul via Before Sunrise Records, em parceria com o selo europeu Lux Records. Ouça o álbum na íntegra aqui: https://ditto.fm/love-fate-now-forever.


O single do disco foi a música Quiet, que também ganhou um videoclipe, dirigido pela From Atomic e protagonizado pela atriz portuguesa Madalena Glória: https://youtu.be/ybF82Afu30o. Nesta canção, a From Atomic sugere que o silêncio é um lembrete de que não há nada de errado em procurar ajuda.



O olha para si, inclusive, é um dos nortes do álbum como um todo. A banda contextualiza Love, Fate, Now & Forever: "Durante este caminho a que chamamos vida, sentimos, por vezes, momentos de confusão emocional, sentimental e até existencial, que nos encaminham para diversas direções que podem construir ou destruir-nos enquanto pessoa. Cada vez mais, o mundo à nossa volta avança neste sentido e, diariamente, somos sovados com vagas de intensidades que, na maior parte das vezes, nos apanham desprevenidos".


Love, Fate, Now & Forever é, neste sentido, o compêndio de todas estas experiências aliando as formas de sentir à música e a música às formas, dado que serão sempre indissociáveis. Com texturas sonoras que mantém a essência da banda, From Atomic apresenta 11 canções que tanto nos aconchegam como desperta o sentimento de alegria.


O segundo disco da banda mostra um processo de maturação, em que se reconhece o seu som característico, ao mesmo tempo que se nota uma transição para uma nova musicalidade.


Os synths tornaram-se parte dominante da música, levando-a ainda mais além no som etéreo shoegaze. Os feedbacks de guitarra estão sempre em background enquanto se sentem riffs harmoniosos que acompanham a voz, quase como uma segunda vocalização; o ritmo e coerência da música ficam a cargo de um baixo sujo e uma bateria repleta de reverb, bem ao estilo dos 80's.


O título do disco resume-se a quatro palavras, independentes, cada uma com a sua própria história que, se associadas, nos podem apresentar um completo mundo novo e uma multitude de histórias totalmente diferentes, como a filosofia do "Amor Fati" - em que a atitude é o prenúncio que molda a nossa perspectiva, ou o desejo eterno de imortalidade - e o "Memento Mori" que nos lembra da inevitabilidade da morte.


A From Atomic comenta sobre o título que reflete na musicalidade do disco: "Quatro palavras que, juntas, nos podem proporcionar inúmeras variáveis, incontáveis contos, sonhos e vidas. É esse o significado deste título e é, também, o da estrada que visualizamos na capa do disco: o caminho é teu e só teu! Na realidade, o significado é o que lhe quisermos dar, porque somos nós que decidimos a nossa própria história".


From Atomic, a banda

From Atomic é Alberto Ferraz, Sofia Leonor e Samuel Nejati, um trio formado no ano de 2018 em Portugal, na cidade de Coimbra, conhecida por berço de notáveis projetos de rock lusitano. A sonoridade resulta de uma perfeita simbiose entre a pop vanguardista dos anos 80 e o indie-noise dos anos 90.


O som da From Atomic reflete influências de Yeah Yeah Yeahs, The Jesus & Mary Chain, Cocteau Twins, The Cure, DIIV, Siouxsie & The Banshees, Joy Division, The Raveonettes ou Sonic Youth, buscando muito do 'post punk' britânico da década de 80, mas também algo do 'indie noise' da década seguinte. No entanto, a mistura resulta em um som autêntico, cru, mas fortemente apoiado nas melodias pop.


A melodia nas palavras cantadas por Sofia Leonor e a maneira como o baixo as interpela, expõe uma narrativa minimalista que se funde às guitarras ruidosas de Alberto. O ciclo fecha-se com o ritmo feroz de Samuel na bateria, que enquadra uma atmosfera simultaneamente negra e luminosa.


Em maio de 2018 lançaram "Heaven´s Bless", uma faixa que despertou curiosidade no panorama musical nacional. Ganhou espaço em rádios como a RUC e Antena 3. Também foi foi incluída na colectânea "A date with Gliding Barnacles" (Lux Records) e no CD Novos Talentos FNAC 2019.


Em 27 de Março de 2020 foi lançado o seu primeiro álbum, "Deliverance", editado pela Lux Records, com colaboração de Rui Maia (X-Wife, Mirror People) em uma das faixas. Devido à pandemia da Covid-19, no entanto, a turnê precisou ser adiada, mesmo com a From Atomic com um álbum recém-lançado no mercado.


As consequências da pandemia afetaram de forma indelével a comunidade artística e a indústria musical de Portugal e de todo o mundo. Se até os nomes consagrados sofreram com as medidas de contingência, para uma banda que acabava de editar o seu disco de estreia, o cenário poderia ser bastante nebuloso. Mas para os From Atomic o efeito foi o de se reinventarem, de buscarem na adversidade inspiração para novas ideias e sonoridades, de se adaptarem à nova realidade, de experimentarem sem restrições, sem correntes.


E é deste processo, de lançar um disco no início da pandemia e todo este período para lidar com uma situação ainda inédita no mundo que a From Atomic concebeu Love Fate Now & Forever, o segundo disco.


Ficha técnica

Sofia Leonor: voz, baixo e sintetizadores

Alberto Ferraz: guitarra, sintetizadores, samples

Samuel Nejati: bateria e percussão

Música e letras: From Atomic, excepto faixa 5 por The Passions

Convidados: Tracy Vandal em "Overload" e "I'm Not In Love With A German Film Star"; Toni Fortuna em "Crawl". Gravado no Blue House Studio. Editado por From Atomic. Mixado e masterizado por João Rui. Arte da capa por Toni Fortuna.


From Atomic nas redes





Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page