• O Canal da Lili

Deputada Professora Bebel participa de aula magna com Lula, na Unicamp


Bebel, entre Suplicy e o deputado Paulo Teixeira, levanta o braço com punhos cerrados mostrando muita disposição para a luta - Imagem: Divulgação

A presidenta da Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de Ensino do Estado de São Paulo), a deputada estadual Professora Bebel, participou da Aula Magna com o ex-presidente Lula, na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), um ato político em defesa da democracia, organizado pelo núcleo em defesa da pré-candidatura de Lula à Presidência da República, que reuniu milhares de estudantes, militantes e apoiadores da sua pré-candidatura. Lula, ao discursar, disse que está amando e que quem ama não tem como odiar, assim como afirmou que criará três novos ministérios. “Eu vou voltar e vou criar o Ministério da Igualdade Racial, o Ministério dos Direitos Humanos. E agora já tem mais um ministério, é o dos Povos Indígenas, que vai ser criado para colocar um índio para ser ministro”, disse Lula, ao lado do ex-ministro Fernando Haddad, pré-candidato ao Governo de São Paulo nas eleições de outubro.



Em suas redes sociais, a Professora Bebel, que acompanhou boa parte do evento ao lado do vereador e ex-senador Eduardo Suplicy, escreveu: “fiquei muito emocionada ao ver o Teatro de Arena do campus, completamente lotado de universitários. A juventude tem se mostrado, cada vez mais, interessada pelo momento político que estamos vivendo, consciente de seu protagonismo. Com a força da juventude vamos mudar esse cenário desolador em que se transformou o Brasil, com a força da juventude o povo brasileiro vai voltar a sorrir e ser feliz de novo. Para isso, conclamo que todos priorizem o voto no dia 2 de outubro”.


O ex-presidente Lula falou para milhares de universitários, militantes e apoiadores no Teatro de Arena da Unicamp - Imagem: Divulgação

Na Unicamp, onde falou por mais de uma hora e meia, Lula deixou claro que aposta na educação para mudar os rumos do País. “Foi a primeira decisão sábia da minha vida, perceber que educação não é gasto, é investimento. No início do meu governo, falei ‘está proibido, daqui pra frente qualquer pessoa do governo falar em gasto quando se trata de educação’. Não existe na história da humanidade nenhum país que tenha se desenvolvido sem investir na educação do seu povo. Custa menos gastar com educação do que emprestar para grandes empresas. Tive a sorte de convidar o companheiro (Fernando) Haddad, começamos a pensar como ia fazer as coisas neste País. Hoje, eu tenho orgulho de olhar na cara de vocês e falar que um torneiro mecânico, sem diploma universitário, é o presidente que mais fez universidade no País, orgulho de dizer que com a companheira Dilma Rousseff fizemos o maior número de escolas técnicas, orgulho de dizer que ela fez o Ciência sem Fronteiras pra levar 100 mil estudantes pro exterior”, discursou.


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon