• O Canal da Lili

Apeoesp: levantamento mostra crescimento de casos de Covid-19 nas escolas estaduais


A Professora Bebel denuncia que há salas de aulas superlotadas, em alguns casos, com mais de 40 alunos, como que a pandemia já tivesse sido superada - Imagem: Divulgação

Levantamento retomado na última segunda-feira (7), pela Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de Ensino no Estado de São Paulo) aponta que os casos de Covid-19 que vem ocorrendo nas escolas estaduais na retomada das aulas presenciais. O levantamento está disponível no portal da entidade (www.apeoesp.org.br ) e será atualizado diariamente, de acordo com a presidenta da Apeoesp, a deputada estadual Professora Bebel (PT).


Até as 17h30 de terça-feira (8), havia sido comunicada no site da Apeoesp a ocorrência de 104 casos de infecção, em 26 escolas em todo Estado de São Paulo, sendo 41 professores, 25 professoras, 9 funcionários, 4 funcionárias, 14 alunos e 11 alunas.



Bebel destaca que a Apeoesp luta para que o Governo garanta segurança sanitária nas escolas, para que mantenha ensino remoto para crianças não vacinadas e que garanta testagem em massa nas unidades escolares. Além disso, que seja instituído o máximo de 25 estudantes por sala de aula, para garantir o distanciamento e melhorar a qualidade do ensino. “No entanto, não é o que está se verificando nas escolas. As salas de aulas estão superlotadas, em alguns casos, com até mais de 40 alunos, como que a pandemia já tivesse sido superada. A situação é grave, porque o País mostra que os casos de mortes voltaram a crescer e já passam de mil diariamente”, diz a presidenta da Apeoesp.


Com a alta nos casos de Covid-19, principalmente com a nova variante ômicron, a deputada Bebel também tem apelado para que os pais levem seus filhos para tomarem a vacina de imunização, que, com certeza, preserva vidas, antes de retornarem às aulas. “Pais, não mandem seus filhos à escola, sem estarem vacinados!”, acrescenta.


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon