• O Canal da Lili

SPFW N53: estilista destaca drag queen Márcia Pantera e a atriz Eartha Kitt em coleção atemporal


Em Panterona, as modelagens aparecem em peças luxuosas, cheias de brilho - Imagem: João Bertholini

Isaac Silva exaltou as forças negras em um desfile cheio de atitude e representatividade, no último sábado (4), no Komplexo Tempo, na Mooca. Intitulada Panterona, a coleção é uma homenagem à Márcia Pantera, drag queen precursora do bate-cabelo e uma grande artista da noite paulistana, unindo a arte drag junto a Eartha Kitt, a primeira Mulher-Gato negra.


“Panterismo é acreditar na força da criatividade. Vejo que a cada coleção, muitos caminhos vão se abrindo, tanto para novas marcas, quanto para diversos castings. A diversidade está na moda e fico muito feliz”, aponta Isaac Silva, estilista baiano da marca que leva seu nome.



A cartela de cores do desfile traz looks em tons de preto e branco, roupas sem gênero e estampas mega coloridas. Em Panterona, as modelagens aparecem em peças luxuosas, cheias de brilho, e o destaque fica por conta de um bloco de 7 looks produzidos em tecido sustentável e inovador, feito a partir do cânhamo, fruto de uma parceria com a multinacional brasileira Vicunha. A fibra, que é da espécie Cannabis sativa, é durável, respirável, antibacteriana, biodegradável e hipoalergênica, além de ser uma das culturas menos agressivas para o meio ambiente.


Imagem: João Bertholini

Entre os tecidos, também está a sarja, linho com estampa da Mulher-Gato e as malhas Teda, desenvolvidas com estampa exclusiva de panteras. “São roupas para usar para ser feliz onde quiser!”, destaca Isaac. Mais de 100 pessoas estão envolvidas no processo de produção, sendo que toda a mão de obra da confecção das peças que irão para as lojas e o site da marca é comandada por um grupo de costura de pessoas trans.


Para os acessórios, Isaac apostou em joias de strass, em parceria com a marca Momento Ouro, com correntes, brincos e braceletes. Para compor os looks, bolsas da Ananda Macramê, feitas manualmente pela irmã de Isaac, com cordão de algodão em modelos crossbody super coloridos e na cor preta. Nos pés, a Corello assinou os modelos de scarpin com recortes diferenciados e shape moderno, botas com contorno quadrado e sandálias meia pata de couro, camurça e verniz para dar o toque final.


O desfile contou com a presença da cantora Majur, do ator Ícaro Silva, do campeão olímpico, Ângelo Assumpção, da campeã do BBB 20, Thelma Assis, da modelo e influenciadora Rita Carreira, da influenciadora Thaynara OG, da ativista Preta Ferreira, da fundadora do Instituto Identidades do Brasil, Luana Génot, da diretora de criação Estúdios Globo, Samantha Almeida, da vereadora Erika Hilton e da homenageada Márcia Pantera, entre outras.

  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon