top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Sono de qualidade é fundamental para manter o equilíbrio hormonal, diz especialista


O sono reparador é capaz de manter as taxas hormonais sob controle - Imagem: Getty images

Ter um sono de qualidade é importante para a manutenção do organismo e o equilíbrio hormonal. E estudos recentes, mais uma vez, comprovaram a sua importância ao relacionar o sono a perda de peso. Os pesquisadores da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, descobriram que aqueles que mantinham uma noite regular e ininterrupta conseguiam se adaptar melhor a dietas e planos de exercícios físicos. O artigo foi apresentado em um congresso da American Heart Foundation, em março de 2023.


Para Caio Signoretti, personal trainer especialista em emagrecimento, o sono reparador é capaz de manter as taxas hormonais sob controle, fazendo com que as pessoas atinjam seus objetivos com maior facilidade.



Para a realização do estudo, os pesquisadores recrutaram 125 adultos com sobrepeso ou obesidade, com idade média de 50 anos, e os acompanharam durante um ano. Em três momentos (no início do experimento, após seis meses, e ao final de um ano), cada um deles foram orientados a responder uma espécie de diário do sono, além de usarem, durante sete dias, um dispositivo de pulso de monitoramento do sono. No final do estudo, os cientistas descobriram que os participantes com melhor qualidade de sono eram mais propensos a praticarem atividade física e em aderir dietas. Além disso, o sono inadequado foi associado à obesidade e outros problemas de saúde, como doenças cardíacas, diabetes e depressão.

De acordo com Signoretti, o emagrecimento está baseado em três pilares, que são a alimentação, a prática de atividade física e o sono. Isso porque o sono está relacionado com o equilíbrio hormonal, que tem grande papel no emagrecimento. “A privação de sono eleva os níveis de cortisol no organismo. E esse aumento pode prejudicar a produção de outros hormônios como a testosterona, por exemplo, que prejudica não só o emagrecimento, mas também o ganho de massa muscular”, explica o profissional.


Outro hormônio afetado pela privação de sono, segundo Caio, é a grelina, responsável pelo apetite. Sua produção desregulada pode gerar um apetite além do normal, levando a pessoa a comer mais e, ao final do dia, ter ingerido mais calorias do que o que foi gasto.

Signoretti pontua ainda que as horas de sono ideais variam de acordo com cada um, mas deve ser em média de oito horas diárias. “O grande ponto, na verdade, não são as horas de sono, mas sim o período em que alguém passou de fato dormindo em um sono mais profundo, momento quando acontece o equilíbrio hormonal. Por isso, é chamado de sono reparador”, comenta o personal.

Caio finaliza orientando que os indivíduos que desejam regular o sono para acelerar o emagrecimento devem criar uma rotina todos os dias a noite. “É ideal que a última refeição do dia seja feita pelo menos duas horas antes do descanso. Além disso, é recomendado que a pessoa evite exposição a luzes muito brancas, como telas de dispositivos eletrônicos, e adote atividades para desacelerar o cérebro, como a leitura de um livro ou meditação”, diz.

Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page