top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Saúde: governo Lula destinará R$ 9,4 milhões para tratamento de câncer em Piracicaba (SP)


A deputada Bebel com o ministro Alexandre Padilha, que recentemente esteve em Piracicaba e se comprometeu a contribuir com Piracicaba - Foto: Divulgação

O Ministério da Saúde estará destinando ainda neste ano um montante de R$ 9,4 milhões em recursos direcionados ao tratamento de câncer em Piracicaba (SP). A confirmação da destinação deste montante foi obtida pela deputada estadual Professora Bebel (PT) junto ao ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, e os R$ 9,4 milhões serão destinados à Santa Casa e Hospital dos Fornecedores de Cana de Piracicaba.


No total, de acordo com a deputada Professora Bebel, o Ministério da Saúde vai destinar R$ 306,4 milhões para os serviços de tratamento do câncer no estado de São Paulo e Piracicaba foi contemplada com esta medida. O recurso, que inicialmente beneficiária 41 municípios, será incorporado ao limite financeiro de MAC - Média e Alta Complexidade do Estado e dos municípios paulistas. “Fiz questão de fazer interlocução com o governo federal, através do ministro Padilha, e garantir que Piracicaba fosse contemplada neste pacote de investimentos do governo federal”, conta Bebel.



Conforme Bebel, ainda, informações obtidas junto a ministra da Saúde, Nísia Trindade, esta iniciativa do governo federal visa dar maior suporte ao estado, além de agilizar e aprimorar os serviços de tratamentos oncológicos, inclusive, em hospitais filantrópicos, como é o caso da Santa Casa e o Hospital dos Fornecedores de Cana, que desenvolve brilhante serviço de tratamento da população com câncer. “Trata-se de um investimento vital que impulsionará e acelerará os tratamentos oncológicos por todo estado de São Paulo e Piracicaba está sendo contemplada”, comemora a deputada Bebel, ressaltando que o presidente Lula não tem medido esforços para retomar e ampliar programas voltados a garantir melhorias nas áreas sociais, como a saúde.


Com esta decisão, de acordo com o ministro Alexandre Padilha, o Fundo Nacional de Saúde adotará as medidas necessárias para a transferência, regular e automática, do montante em parcelas mensais. O processo de pagamento será autorizado pela Secretaria de Atenção Especializada à Saúde.


Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page