• O Canal da Lili

Projeto Ver: mais de 200 pessoas em vulnerabilidade social vão receber óculos em Piracicaba


Serão atendidos até o início de setembro, pelo Projeto Ver, cerca de 200 pessoas. - Imagem: Ilustrativa

A Prefeitura de Piracicaba começa nesta terça-feira (17), o atendimento deste ano aos beneficiários do Projeto Ver, capitaneado pela Central de Projetos do Fussp (Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba). Serão atendidos até o início de setembro cerca de 200 pessoas. Estimativa é atender até o final do ano um total de 470 pessoas. Têm direito aos óculos pessoas em vulnerabilidade social, preferencialmente inscritas no Cadastro Único, encaminhadas pelo Cras (Centro de Referência de Assistência Social). Projeto não contempla lentes de contato.


ATENDIMENTO

A empresa vencedora do certame começará a receber os beneficiários nesta terça (17) para entrega de receitas, escolha de armações e medição das lentes. Feito isso, os óculos serão confeccionados e assim que estiverem prontos, o beneficiário será avisado para retirada. Serão atendidas até 40 pessoas ao dia, às terças e quintas-feiras, encaminhadas pela Central de Projetos.


FLUXO

Para ter acesso ao Projeto Ver, o critério de seleção obedece um fluxo de atendimento: a pessoa passa pela consulta oftalmológica, preferencialmente da rede púbica do município e, caso não possua condições para confecção dos óculos deve buscar o serviço do Cras, o qual fará o encaminhamento à Central de Projetos, que faz a avaliação social e verifica se há disponível óculos na graduação solicitada. Depois disso, o próximo passo será o encaminhamento para a empresa ganhadora do certame, para apresentação da receita e consequente confecção dos óculos.


PROJETO VER

Lançado no ano de 2007, o Projeto Ver possui recurso estipulado pelo Plano Plurianual do município e tem como objetivo contribuir com a população em situação de vulnerabilidade social e econômica na aquisição de lentes corretivas (óculos) a partir de estudo socioeconômicos, mediante apresentação de documentação: RG, CPF, comprovante de residência no município, cartão SUS, comprovante de renda e receita médica preferencialmente da rede pública.


Trata-se de um projeto de muita importância para a qualidade de vida das pessoas envolvidas, sejam elas crianças, adultos ou idosos, os quais necessitam dos óculos para suas atividades diárias e não possuem meios de adquiri-los.

  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon