top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Projeto Conexões STEAM: alunos de escola estadual de Piracicaba têm passeio de balão como prêmio


Alunos do 8º ano da Escola Estadual José Martins de Toledo encaram desafio do Projeto Conexões STEAM com passeio de balão como prêmio - Foto: Divulgação

Os alunos do 8º ano da Escola Estadual José Martins de Toledo, localizada em Piracicaba (SP), estão imersos no desafio do Projeto Conexões STEAM – Entrando no clima e Transformando a Comunidade, uma iniciativa que busca incentivar o aprimoramento e desenvolvimento dos conhecimentos em ciências, tecnologia, engenharia, artes e matemática entre os estudantes. Steam é um acrônimo em inglês que se desdobra em Ciências, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática, e foi pensado para os estudantes do 8° ano que tem como um dos temas de estudo curricular as transformações climáticas e os impactos ambientais.




Como reconhecimento pelo esforço e criatividade, duas equipes, compostas por cinco alunos e seus respectivos professores orientadores, serão agraciadas com um passeio de balão sobrevoando o bairro de Ártemis, nesta terça-feira (5). E a JD Balonismo Locação e Promoção de Eventos LTDA, empresa renomada com vasta experiência no setor, será responsável por fornecer essa experiência única. O passeio de balão está programado para as 4h50 da manhã, sujeito às condições climáticas para o voo.


PROJETO

O projeto envolve os alunos na formação de grupos de até cinco membros, acompanhados por um professor orientador, para conceber propostas de projetos de melhorias no bairro onde a escola está situada. Utilizando dados coletados pelo kit Hexa Smart Clima, uma pequena estação meteorológica, os estudantes são desafiados a desenvolver soluções inovadoras.


“O uso do kit Hexa Smart Clima, um equipamento que dialoga com o conceito de IoT, internet das coisas, e permite coletar dados com umidade do ar, pressão atmosférica, luminosidade, pluviosidade, temperatura, incidência de raios ultravioletas, tudo isso coletado em tempo real e projetado em gráficos que podem ser acessados pelos estudantes via internet, por computador ou pelo próprio celular. Foram distribuídos 10 kits para que os estudantes pudessem levar para casa, instalar e monitorar os dados climáticos, que podem ser acessados por qualquer aluno do ano em tempo real através da internet”, explica Sergio Ferreira, coordenador do projeto.



Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page