top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Prefeitura de Piracicaba (SP) realiza ações de combate ao abuso infantil no Maio Laranja


Ações de enfrentamento têm como objetivo conscientizar a sociedade sobre a proteção de suas crianças e adolescentes - Imagem: Ilustrativa/Freepik

Neste Maio Laranja, em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a Prefeitura de Piracicaba (SP), por meio da Smads (Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social) promove ações de enfrentamento, com o objetivo de conscientizar a sociedade sobre a proteção de suas crianças e adolescentes.


As atividades reúnem profissionais que atuam com crianças e adolescentes, organizações da sociedade civil, instituições e parceiros. Nos dias 10, 12 e 17/05, das 8h40 às 9h15, profissionais da rede socioassistencial participarão de entrevistas na Rádio Educativa FM, com assuntos relacionados à data. No dia 16/05, às 19h30, na Câmara Municipal, a diretora do Departamento de Proteção Social Especial, Veridiana Ricci apresentará informações, como fluxo de atendimento, dados e rede de proteção às crianças e adolescentes da cidade.



Dia 20, às 8h30, no auditório do Sesc Piracicaba, acontece um bate-papo com o tema Contribuições Artísticas para o Atendimento de Crianças e Adolescentes em Situação de Abuso e Exploração Sexual, com o assistente social, pesquisador, educador e artista Daniel Péricles Arruda; a mediação será realizada pelo antropólogo e membro do setor de Vigilância Socioassistencial da Smads, Fernando Camargo. Na abertura do evento, haverá apresentação artística e exibição digital de trabalhos produzidos por crianças e adolescentes dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.


Entre os dias 18 e 22/05, haverá sensibilização na 37ª Festa das Nações, com estímulo às denúncias de casos de violência sexual e outras violações de direitos. Além das ações pontuais, os Cras (Centros de Referência de Assistência Social), Creas (Centros de Referência Especial de Assistência Social), unidades do Case, serviços como Epsemc, programa Criança Feliz, Instituto Formar, Seame, CIEE e outros, realizarão atividades como rodas de conversa, passeatas nos territórios, exibição de filmes, exposições e orientações aos as sistidos.


“A campanha tem o poder de envolver todos na defesa dos direitos das crianças e adolescentes, com foco no abuso e exploração sexual. Decidimos este ano, realizar ações pontuais de orientação e prevenção, em locais como a Festa das Nações por onde passa grande fluxo de pessoas. Nosso objetivo é colaborar para um desenvolvimento livre de abusos”, explica a secretária da Smads, Euclidia Fioravante.


As ações contam com o apoio e participação dos membros da Competi (Comissão Municipal de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Trabalho Adolescente Irregular), vinculada ao CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), Conselhos Tutelares, Organizações da Sociedade Civil, Sesc Piracicaba, Fenapi (Associação Cultural Festa das Nações de Piracicaba) e voluntários do curso de Serviço Social, da Faculdade Anhanguera.


18 DE MAIO

A data instituída pela Lei Federal n.º 9.970/00 marca a luta pela proteção de crianças e adolescentes contra crimes de abuso e exploração sexual, fazendo referência ao crime ocorrido na cidade de Vitória, Espírito Santo, em 1973, que vitimou a menina Araceli Cabrera Crespo, sequestrada, violentada e assassinada aos oito anos de idade - um crime que chocou todo o país e ficou conhecido como o Caso Araceli, ainda impune.


Hoje, a proposta anual da campanha é destacar a data para informar, sensibilizar e mobilizar a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes.


SERVIÇO

Abuso é crime. Para denunciar os canais são o Disque 100; Conselho Tutelar I – 3422-9026 / 3432-5775; Conselho Tutelar II – 3421-8962 / 3413-5497 e Delegacia da Mulher – 3433-7022.

תגובות


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page