top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Prefeitura de Piracicaba (SP) desenvolve campanha para denúncias de violência contra a mulher


Taís Franco, gerente do restaurante Porto do Sol, e Tássia Espego, diretora do CCS, mostram adesivo desenvolvido para a campanha - Imagem: Guilherme Valdanha

Em alusão ao Dia Internacional da Mulher, nessa quarta-feira (8), o Centro de Comunicação Social da Prefeitura de Piracicaba (SP) desenvolveu a campanha Todas Por Todas, que se constitui na distribuição de adesivos contendo telefones para denúncias de violência contra a mulher para serem fixados nas portas dos sanitários femininos de restaurantes.


Além do título da campanha, Todas por Todas, os adesivos contêm a frase “Sofreu ou presenciou violência contra a mulher? Denuncie”. E na sequência estão os números telefônicos 190 – Polícia Militar, 153 – Guarda Civil, 180 – Central de Atendimento à Mulher e 100 – Disque Direitos Humanos.



Nesta quarta-feira, os adesivos foram entregues a proprietários de restaurantes da Rua do Porto, uma das principais regiões turísticas do município e que possui cerca de 20 estabelecimentos gastronômicos. Também foi colado adesivo em sanitário público do local, próximo ao Casarão do Turismo.


“Nós que trabalhamos com a informação temos o dever de criar campanhas e mecanismos que ampliem a mensagem de que, se a mulher sofre qualquer tipo de violência, ela tem uma rede de apoio, pode ser acolhida e, portanto, deve denunciar”, comentou a diretora do Centro de Comunicação Social, Tássia Espego.


Para Taís Franco, gerente do restaurante Porto do Sol, essa campanha é fundamental para o fortalecer a comunhão de mulheres na luta contra a violência. “Uma mulher tem de apoiar a outra, porque, infelizmente, ainda vivemos em uma sociedade de machismo estrutural e que não valoriza e nem respeita a mulher como deveria”, comentou.


Segundo Fernando Bera, proprietário do restaurante Capitão Gancho e integrante da diretoria da Amoporto (Associação dos Moradores da Rua do Porto) e da Apaflar (Associação Piracicabana de Alimentação Fora do Lar), a campanha Todas Por Todas facilita o acesso de mulheres a canais que lidam diretamente com a violência contra a mulher. “No adesivo, os telefones estão disponíveis de forma muito clara. Além disso, quando um restaurante tem um adesivo desses, a mulher já pode entender que no local há acolhimento em caso de alguma situação de violência”, comentou.



Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page