• O Canal da Lili

Prefeitura de Piracicaba intensifica higienização dos terminais e dos ônibus urbanos


A higienização da frota de ônibus do transporte coletivo fica cargo da empresa TUPi - Imagem: Prefeitura/CCS

Quando se fala em cuidados em época de pandemia, um item considerado essencial é a higienização em espaços e equipamentos públicos, para evitar a proliferação do coronavírus. E os terminais de ônibus, além dos coletivos, são locais onde a atenção exigida é redobrada.


Em Piracicaba, esse trabalho cabe à Semuttran (Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes), por meio do Departamento de Transporte Público, que está intensificando a limpeza e higienização dos seis terminais de ônibus coletivos. Os seis – Terminal Central de Integração, Vila Sônia, Piracicamirim, Pauliceia, São Jorge e Cecap/Eldorado - tiveram um movimento de mais de 333 mil usuários no mês de fevereiro.


A higienização da frota de ônibus, que compõe o sistema de transporte coletivo, fica cargo da empresa TUPi, sob a fiscalização da Semuttran. O objetivo do serviço de higienização dos terminais, destacou Vanderlei Quartarolo, diretor de Transportes da Semuttran, é preservar a saúde dos usuários do sistema, atendendo aos protocolos sanitários e recomendações das autoridades científicas e médicas, para evitar a propagação da Covid-19. “O trabalho é contínuo e se intensificou com a pandemia. A limpeza inclui a lavagem do piso dos terminais, dos assentos, corrimãos, banheiros, plataformas e bilheterias, locais que recebem contatos mais próximo dos usuários, além de disponibilizar álcool em gel”, detalha.


A Semuttran está intensificando a limpeza e higienização dos seis terminais de ônibus coletivo - Imagem: Prefeitura/CCS

Segundo Quartarolo, ao todo são 22 profissionais que se revezam nos seis terminais urbanos durante toda operação diária. O secretário da Semuttran, José Vicente Caixeta Filho, ressalta que a Administração tem um cuidado grande com relação à higienização dos ônibus, assentos e nos suportes para os passageiros se acomodarem. “Todos os veículos são higienizados com álcool em gel pela própria empresa do transporte coletivo, com todos os terminais sendo dotados de dispensers que contêm o álcool em gel para assepsia das pessoas”, garante.


Caixeta lembra que é obrigatória a utilização de máscaras nos ônibus urbanos e que os ônibus dotados de elevadores para deficientes são frequentemente higienizados também. “Essas são as medidas possíveis para que a população usuária do transporte coletivo em Piracicaba se sinta relativamente segura”, enfatiza.

  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon