top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Piracicaba (SP): Conespi repudia ato terrorista e exige identificação e punição dos envolvidos


Dirigentes da executiva do Conespi repudiaram os ataques terroristas às instituições democráticas do País - Imagem: Divulgação

Em reunião extraordinária, na última segunda-feira (9), o Instituto Conespi (Conselho das Entidades Sindicais de Piracicaba), que representa mais de 200 mil trabalhadores da ativa e aposentados de Piracicaba e região, tirou nota pública em que repudia a ação terrorista no Distrito Federal, ocorrida nesse último domingo e pede investigação e punição dos envolvidos neste ato terrorista que abalou o país e prejudica a imagem do Brasil no exterior. A nota foi tirada durante encontro coordenado pelo presidente do Instituto Conespi, Wagner da Silveira, o Juca dos Metalúrgicos, e aconteceu na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Piracicaba, em solidariedade e apoio às instituições democráticas que foram atacadas pelos terroristas.



Na nota, os dirigentes repudiam o ato terrorista, realizado por grupos bolsonaristas, que culminou com a invasão e depredação do Palácio do Planalto, do Congresso Nacional e do STF (Supremo Tribunal Federa), num ataque direto ao estado de direito. “Esse complô golpista, que inclusive teria tido a participação e financiamento de setores organizados da sociedade, que atuariam inclusive em Piracicaba e região, visa desacreditar o Estado de Direito e que, de forma criminosa, contou com a leniência do governo do Distrito Federal. Isso é inaceitável! Exigimos das instituições polícias a mais severa investigação e punição desses terroristas e financiadores do terrorismo”, diz o documento.


No documento, ainda, é ressaltado que o Brasil não pode continuar sob o caos e a desordem que marcaram os últimos quatro anos. “É preciso que a soberania que, através do voto, elegeu o presidente da República e o Congresso Nacional, juntamente com o estado de direito, sejam respeitados por todos. Exigimos ação enérgica do governo para garantir a soberania popular, o cumprimento da Constituição e o pleno exercício da democracia, para que o nosso país volte a ser de todos e gerem o desenvolvimento esperado, garantindo emprego e renda a todos os trabalhadores brasileiros”, é ressaltado em outro trecho.


Ao mesmo tempo, o Instituto Conespi declara solidariedade aos três Poderes da República e apoio às iniciativas e medidas necessárias e urgentes para colocar fim ao episódio, inclusive com intervenção federal no governo do Distrito Federal. “Estaremos vigilantes e atentos às iniciativas que tomaremos e cientes que a democracia é um bem valioso, conquistado pelos trabalhadores e por toda a sociedade brasileira. Fora terroristas!!!”, conclui a nota, assinada pela diretoria executiva da entidade.


Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page