top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Piracicaba (SP): chapa Trabalhadores Unidos disputa eleição no Instituto Conespi


Chico, Juca dos Metalúrgicos, Paiva e Fânio integram a executiva da chapa ´Trabalhadores Unidos´ que participa da eleição do Instituto Conespi - Imagem: Divulgação

A chapa Trabalhadores Unidos, encabeçada por Wagner da Silveira, o Juca dos Metalúrgicos, formada por consenso, disputa nesta sexta-feira (3), a eleição para a escolha da nova diretoria do Instituto Conespi (Conselho das Entidades Sindicais de Piracicaba), entidade que representa os mais de 200 mil trabalhadores da ativa e aposentados de Piracicaba e cidades da região. A eleição acontece no Clube do Sindicato dos Metalúrgicos, a partir das 9h, e a chapa Trabalhadores Unidos é composta por 52 dirigentes sindicais de 20 sindicatos de trabalhadores da cidade, que integram 20 secretarias, mais o conselho fiscal.





Para Juca dos Metalúrgicos, esta chapa de consenso mostra a unidade do movimento sindical piracicabano na luta e ações em defesa dos direitos dos trabalhadores, por justiça social e democracia. “Sem dúvida, esta unidade dos trabalhadores é fundamental para poder desenvolver e participar de movimentos voltados tanto para recuperar direitos que foram perdidos nos últimos anos, como poder avançar em novas conquistas.


Vivemos um momento importante na luta dos trabalhadores, voltado a garantir e fortalecer a democracia, mas também de avançar em relação aos direitos da classe trabalhadora, de fortalecer a nossa organização e dessa forma contribuirmos rumo a uma sociedade mais justa e inclusiva”, acrescenta, destacando ainda que o Instituto Conespi, que representa a unidade do movimento sindical piracicabano, tem compromisso com a defesa da educação e da saúde públicas, de qualidade e para todos os brasileiros e brasileiras, assim como a defesa de programas de moradia que contemplem as camadas mais vulneráveis da população brasileira e ajudem a garantir uma vida com dignidade plena a todas as pessoas.


Para Paiva, esta unidade do movimento sindical de Piracicaba, expressada nesta chapa de consenso, mostra a unidade de ações e a certeza de que haverá muito trabalho nos próximos anos. “Precisamos lutar em todas as esferas, seja municipal, estadual e nacionalmente, por trabalho e renda, pela defesa de um modelo de desenvolvimento econômico que garanta justiça social e distribuição de renda, mas também que proteja o meio ambiente, a base da vida futura”, destaca.


Chapa mostra a força do movimento sindical da cidade

Nomes de peso do movimento sindical compõem a chapa “Trabalhadores Unidos”, sendo que na sua executiva, além de Wagner da Silveira, o Juca dos Metalúrgicos (Sindicato dos Metalúrgicos), na presidência, é composta ainda por José Antonio Fernandes Paiva (Bancários), vice-presidente, enquanto que Milton Costa (Construção Civil) é o segundo vice-presidente, e Renata de Cássia de Aguiar Souza, a terceira vice-presidenta. Já o secretário geral é Francisco Pinto Filho, o Chico (Papeleiros); o segundo secretário geral, Valdir Sgrigneiro (Municipais) e o terceiro secretário geral, Francisco de Assis Dantas, Chiquinho (Hoteleiros), enquanto que o tesoureiro geral é Fânio Luiz Gomes (Alimentação), o segundo tesoureiro é João Soares (Trabalhadores do Transporte Urbano) e o terceiro tesoureiro Vitor Roberto (Comerciários).


O diretor de Imprensa e Comunicação Social é Paulo Roberto Botão (Jornalistas) e a suplente é Patrícia Santana (Jornalistas); o diretor de Relações Políticas Institucionais José Luiz Ribeiro (Metalúrgicos) e o suplente Juraci Goes - Magal- (Associação dos Metalúrgicos Aposentados); diretor de Emprego e Relações do Trabalho, Emerson Cavalheiro (Papeleiros), e o suplente Antonio Edson Alcarde (Metalúrgicos); diretora de Educação, Cultura e Formação, Renata Perazolli (Municipais), e o suplente Geraldo Nunes (Alimentação); diretora de Transporte e Mobilidade Social, Letícia Peres Farias Françoso (Bancários), e o suplente, Benedito Fernandes Duarte (Trabalhadores do Transporte Urbano); diretor Social, Emerson Antonio da Silva (Metalúrgicos), e o suplente, José Valdir Martins (Municipais); diretora de Saúde e Qualidade de Vida, Olívia Brossi (Bancários) e o suplente Edson Batista dos Santos (Construção Civil); Planejamento Urbano e Rural, João Possebon Neto (Bancários), e o suplente Adão Alves (Sindicato Rurais); Relações Sindicais, Marcos Vitor de Oliveira (Frentistas), e o suplente Eder Fernando Vieira Carvalho (Frentistas); diretor Jurídico, José Osmir Bertazzoni (Municipais), e o suplente, Marcelo Abrahão (Bancários); diretor de Gênero, Raça e Orientação Sexual, Edilson Rondini (Movimentadores de Mercadorias), e o suplente Odair de Almeida Barros (Papeleiros); diretor de Meio Ambiente, Vanderlei Sanches Baesteiro (Sindicato Rurais) e o suplente Marcos Aurélio Santiago (Hoteleiros); Segurança e Ação Comunitária, Alex de Assis Paes (Condutores), suplente Jair Azzi (Associação Eclética dos Aposentados); Previdência e Seguridade Social, João Carlos da Silva (Associação Eclética dos Aposentados) e o suplente Ademar Lorenzi (Associação Eclética dos Aposentados); diretor da Criança e Adolescente, Eugênio Morato de Jesus (Gráficos), suplente Vanessa Fernanda Lanes; Trabalho, Paulo Afonso Lima (Metalúrgicos), suplente, Jailton Souza Cruz (Alimentação); Eventos, Denis Mota Alves (Metalúrgicos), suplente Edson Rondini (Movimentadores de Mercadorias); diretor de Desenvolvimento Regional, Roberto Previde (Comerciários) e o suplente, Edmilson Viana da Silva (Hoteleiros). Já o conselho fiscal é composto por Agnaldo da Silva Pereira (Papeleiros), Arnaldo Mendes Carvalho (Alimentação), Carlos Roberto de Souza (Têxteis), enquanto que os suplentes são Geremias de Oliveira (Frentistas), Carlos Alberto Guerreiro (Comerciários) e José Ademir Cunha (Trabalhadores do Transporte Urbano).


Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page