top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Piracicaba (SP): Bebel questiona secretário estadual sobre reparos no tomógrafo no Hospital Regional


Bebel encaminhou ofício ao secretário cobrando reparos urgentes no aparelho - Foto: Divulgação

Em ofício dirigido ao secretário estadual da Saúde, Eleuses Paiva, na última quarta-feira (7), a deputada estadual piracicabana Professora Bebel (PT) questiona e solicita reparos no tomógrafo do HRP - Hospital Regional de Piracicaba. O questionamento foi motivado por reportagem publicada na edição de 7 de fevereiro, no Jornal de Piracicaba, que relata que o aparelho está quebrado desde 2022, deixando de realizar neste período mais de 8 mil exames, prejudicando a realização de cirurgias.


No documento, Bebel quer saber os reais motivos pelos quais o aparelho tomógrafo do Hospital Regional de Piracicaba está sem funcionar desde 2022. “Faço este questionamento em função de que esta situação, certamente, está prejudicado à população da Região Metropolitana de Piracicaba, uma vez que mais de oito mil exames deixaram de ser realizados nesse período”, destaca.





De acordo com a reportagem, o tomógrafo do HRP, que é administrado pela Unicamp - Universidade Estadual de Campinas, está sem funcionar desde 2022. O aparelho foi instalado em 2018 e, desde então, tem apresentado problemas recorrentes de funcionamento, segundo confirmou o Hospital.


Bebel destaca que o aparelho tomógrafo é o único equipamento disponível no Hospital Regional de Piracicaba, e a falha no funcionamento tem atrapalhado o cronograma de cirurgias do hospital. Para mostrar a necessidade de que há necessidade de uma intervenção por parte da Secretaria Estadual da Saúde , uma vez que de acordo com a reportagem é contado, questionada, a própria Secretaria, informou que no último dia 19 de janeiro deste ano, o tomógrafo passou por manutenção, mas em seguida, após a realização de dois exames, parou de funcionar novamente. “Por conta disso, os pacientes que estão internados no HRP e necessitam de exames, precisaram ser encaminhados para outras unidades de saúde na região. Atualmente, o HRP recebe pessoas de 26 cidades na região de Piracicaba”, acrescenta a parlamentar piracicabana.


Diante disso, a Professora Bebel cobra do secretário quais os procedimentos que estão sendo adotados para sanar de uma vez os problemas apresentados pelo aparelho tomógrafo, visto a sua importância para realização de exames, assim como solicita que seja informado se há prazo para que a situação seja resolvida de vez e quer saber como estão sendo feitos o atendimento aos pacientes que necessitam deste exame e aonde. “Faço este questionamento porque a situação exposta pela reportagem mostra que a falta deste aparelho está trazendo prejuízos ao bom funcionamento do Hospital Regional de Piracicaba, que é tido como referência de atendimento à população, assim como a Secretaria Estadual da Saúde não deu as devidas respostas ao Jornal de Piracicaba, que certamente são questionamentos da população”, completa a deputada.


Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page