top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Piracicaba (SP): “3º Raízes Nagô” tem shows, capacitações, expositores e homenagem no Engenho Central


Diretores do Afropira, trancistas e turbancistas, palestrantes e colaboradores do Raízes Nagô - Foto: Paulo Preto Fortunato (Ori Audiovisual)

O Armazém 14 do Engenho Central recebe no sábado (6) e no domingo (7), o “3º Raízes Nagô – Encontro de Trancistas e Turbancistas de Piracicaba e Região”, que reunirá apresentações artísticas, capacitações, atendimento ao público, expositores e homenagem. O evento é originado no Festival Afropira, considerado o maior encontro Afro do interior paulista. A entrada é gratuita.


A iniciativa foi contemplada pela Lei Paulo Gustavo, com realização do Ministério da Cultura, Governo Federal e ETC Produtora. O apoio é da Prefeitura de Piracicaba, Semac - Secretaria Municipal da Ação Cultural, CDCPN - Centro de Documentação, Cultura e Política Negra e CPIR - Coordenadoria Setorial de Promoção da Igualdade Racial e Étnica.


No sábado (6), haverá a Sessão Solene em parceria com o Mandato Coletivo “A Cidade é Sua”. O Projeto de Lei 137/2024, que institui o “Dia da Pessoa Trancista” em Piracicaba, foi aprovado em segunda discussão durante a 37ª Reunião Ordinária da Câmara de Vereadores. O texto já havia passado pelo Plenário da Câmara, na 36ª Reunião Ordinária. A data será comemorada anualmente em 6 de julho.


A escolha da data é uma homenagem a Néia Tranças, considerada uma das pioneiras no fortalecimento do trabalho das trancistas e na valorização cultural. “As tranças e os turbantes estão diretamente ligados à resistência e também à identidade afro-brasileira e são muito importantes culturalmente”, afirma Elaine Teotonio, da ETC Produtora, e uma das diretoras do evento e do Instituto Afropira.


Produção de tranças que serão doadas - Foto: Paulo Preto Fortunato (Ori Audiovisual)

Atrações de domingo

No domingo (7), haverá capacitações no período da manhã. Estarão presentes Thay Nagô, trancista de São Paulo com mais de 70 mil seguidores no Instagram, que falará sobre redes sociais; e Cris Pires, do Rio de Janeiro, empresária criadora de dois eventos notórios (Encontro dos Trancistas e Encontro das Estrelas). Para participar, é preciso se inscrever por meio das redes sociais do Afropira.


No período da tarde, as ações serão abertas ao público. Às 14h, haverá roda de conversa com as trancistas Isabel Farias, Bruna Gonçalves, Daiane Heloísa, Isabelly Vitória e Mirian Aguiar, e a turbancista Mestra Ediana, que participam da organização do Raízes Nagô.


Às 15h30 estão previstas apresentações artísticas, com Bloco Afropira, Capoeira Geacap com Mestre Marquinho e Intervenção Teatral Poética com o poeta Julio Rocha e Nathy Pezzato. Também haverá atendimento ao público, com Trancistas do Descabelados de São Paulo e convidados, turbancistas e barbeiro (corte artístico). A finalização terá desfile de tranças, organizado por Miriam Aguiar e Sheila Ribeiro da Conceito Model.


Também na parte da tarde, o evento terá ação de capacitação e orientação a acesso a crédito, promovida pelo Sebrae, e expositores (artesãos, modistas, culinaristas e afroempreendedores em geral) do Potência Afro do Instituto Afropira, programa coordenado por Erica Lima, artesã e diretora do Instituto.


Trancista do Descabelados, de São Paulo - Foto: Paulo Preto Fortunato (Ori Audiovisual)

Raízes Nagô nos Bairros

O evento do fim de semana no Engenho Central marca, ainda, o final do “Raízes Nagô nos Bairros”, voltado ao aprendizado e aprimoramento de técnicas de trança e amarrações de turbantes, que passou por Novo Horizonte, Nova América, Jardim Oriente e Mário Dedini.


Ao longo das ações do “Raízes Nagô nos Bairros”, foram produzidas faixas com tranças a serem doadas a mulheres que estão passando por quimioterapia, transição capilar ou alopecia. Em cada bairro, participantes e trancistas foram convidados a atuarem em conjunto na produção. Também foi aberto o envio por pessoas interessadas em participar.


Os materiais serão entregues para pessoas e também para instituições, por meio de parceria com a ONG Fios do Bem. Após a primeira entrega, os participantes serão convidados a continuarem as produções, voltadas a novas entregas em outubro, junto à campanha Outubro Rosa.

Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page