• O Canal da Lili

Piracicaba: projeto homenageia mulheres pretas dos antigos concursos de beleza do Treze de Maio


Homenageadas, integrantes do coletivo e modelos do projeto - Imagem: Alexandre Fogaça

“Hoje eu relembrei a minha vida! Muito obrigada, de coração”, foi como Rosa Abreu, mais conhecida como Dona Rosinha, terminou seu discurso como uma das homenageadas do projeto “Beleza Preta do Treze de Maio”, que aconteceu nos últimos dias 13 e 20 de maio. A ação que tem o auxílio do Governo do Estado de São Paulo e do ProAC, foi desenvolvido pelo Coletivo Beleza Preta com o objetivo de resgatar a história da Sociedade Beneficente Treze de Maio, que fez parte da vida de muitos pretos e pretas da região de Piracicaba (SP), em especial, das mulheres com os concursos de beleza.


No primeiro dia 13 de maio, foi transmitida uma live pelo canal do YouTube e pela página do Facebook do coletivo, a qual houve a apresentação da história dos concursos de beleza que aconteciam no Clube Treze de Maio e uma conversa com as mulheres que participaram, organizaram e assistiram esses concursos.



Já na última sexta-feira (20), aconteceu um desfile produzido pela produtora de moda Mayara Benedito, com releitura dos looks utilizados nesses concursos de beleza e uma homenagem às mulheres que participaram, organizaram e assistiram os concursos da época. Também houve intervenções artísticas, com apresentação de dança feita por Marcia Maria Antônio e apresentação do DJ Robão (Robson Roberto Gregorio), que fazia parte da equipe de djs “Dinamic Soul” que tocaram por 25 anos no clube.


O evento foi aberto ao público no Sesc Piracicaba, mas também foi transmitido pelo Facebook (https://www.facebook.com/coletivobelezapretapira ) e canal do YouTube (https://www.youtube.com/channel/UCVOZHSjxLY-A9X7lvlx_Y1w ) do coletivo.


Confira o nome das modelos convidadas: Alessandra de Campos, de 49 anos; Analigia Aparecida de Abreu, de 50 anos; Elisabete Aparecida Ferreira Benedito, de 58 anos; Francine Aguiar, de 44 anos; Mayara do Nascimento Francisco, de 29 anos; Sabrina Almeida, de 28 anos; Sophia Vitória de Campos, de 9 anos; Sueli Maria Eleutério, de 60 anos; Valeria Cristina Mateus Gregório, de 54 anos.


“Queria parabenizar este projeto maravilhoso. Quero agradecer a minha mãe – que Deus a tenha em um bom lugar – por ter inscrito eu e minha irmã no concurso ‘Boneca Viva’ na década de 80, pois se não fosse isso, hoje não estaríamos aqui”, discursou Paula Valéria Ferraz Balduino, que também foi uma das homenageadas pelo projeto.


Confira o nome de todas as homenageadas: Ana Claudia Ferraz, 48 anos; Ana Maria Custódio, de 52 anos; Ana Marta do Nascimento Francisco, de 52 anos; Conceição Aparecida Nascimento, de 62 anos; Elizete Aparecida Adao, (não informou); Elusi Cristiane Viana Dias, de 44 anos; Jacira Lucas, de 52 anos; Jandira da costa de Assis, 61 anos; Marlene de Jesus Ferreira, de 69 anos; Paula Valéria Ferraz Balduino, 46 anos; Rosa Abreu, (não informou). “Estou muito feliz com o resultado do projeto e isso só foi possível graças ao empenho de todas nós (integrantes do Coletivo Beleza Preta)”, declarou Alessandra Benedita Borges, a proponente do projeto.


Sociedade Beneficente Treze de Maio

O início da formação da Sociedade Beneficente Treze de Maio foi em 1901, com objetivo de prover aos negros e negras de Piracicaba um espaço de convivência, onde pudessem desenvolver ações culturais, esportivas e de lazer, além de proporcionar apoio funerário, de saúde, entre outras atividades. Nesse contexto, bailes eram organizados para comemorar datas históricas e ocasiões especiais, nos quais os desfiles e concursos de beleza negra eram destaques. Esses concursos e desfiles, segundo o coletivo, tinham o objetivo elevar a autoestima das mulheres negras e apresentá-las de forma positiva, em oposição às descrições e imagens que se construíram no senso comum.


Um dos destaques era o concurso de coroação da “Mãe do Ano”, que acontecia entre as décadas de 1970 e 1980, organizado por dona Amália, junto a festa que celebrava a Sociedade Beneficente Treze de Maio, data próxima ao domingo do dia das mães.


Durante todo o ano, aconteciam muitos outros concursos, como: Concurso da Rainha do Baile Treze de Maio, cuja coroação era feita no baile de sessão solene do dia da Sociedade Beneficente Treze de Maio; Concurso Miss Pérola Negra e Piscina; Bonequinha do Café; Concurso do Tambú; entre outros. Confira mais da história pelo link: https://www.expo.ifch.unicamp.br/portal/SB13/52 .


Coletivo Bela Preta e o projeto

O Coletivo Beleza Preta é formado por um grupo mulheres negras, que tem como missão realizar atividades sobre temas como desigualdade racial, social e de gênero. Está há três anos atuando no município de Piracicaba, realizando desfiles e editoriais de moda com mulheres negras de diferentes idades e manequins, com o objetivo de empoderá-las, elevando a sua autoestima, ou seja, baseando-se nos mesmos princípios dos concursos de beleza realizados pela Sociedade Beneficente Treze Maio.


Algumas das mulheres que estiveram presentes nos concursos, hoje são membras do coletivo, sendo inspirações para a realização desta homenagem. A proponente do projeto é uma dessas mulheres, pois frequentou o clube durante a sua infância, tendo boas memórias dos eventos que aconteceram no espaço. Mayara do Nascimento Francisco, de 29 anos, é maquiadora e assistente de produção do projeto, participou de uma das edições do concurso chamado “Rainha do Baile Treze de Maio” no ano de 2012, e ganhou como Miss Simpatia.


A mãe da produtora de moda do projeto, Mayara Benedito, a senhora Elisabete Aparecida Ferreira Benedito, ganhou o concurso Pérola Negra, que aconteceu no ano de 1975. O prêmio e o reconhecimento elevaram a sua autoestima, além de abrir muitas oportunidades como figura pública no município. “As experiências relatadas acima, provam que os concursos e eventos de beleza realizados na Sociedade Beneficente Treze de Maio foram fundamentais para o empoderamento da população negra, pois puderam auxiliar no resgate da identidade, valorização dos traços e autoafirmação da mulher negra piracicabana” concluiu Sabrina Rodrigues Semedo, uma das organizadoras do projeto.

  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon