top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Piracicaba: presidente do Instituto Sindical destaca a importância do Cerest em 20 anos


Dirigentes sindicais de Piracicaba e região posaram para foto no encerramento da atividade realizada no Sindicato dos Metalúrgicos - Foto: Divulgação

O presidente do Instituto Sindical, Wagner da Silveira, o Juca dos Metalúrgicos, destacou, na última quinta-feira (19), durante debate dentro da XXV Sempat - Semana Municipal de Prevenção de Acidentes de Trabalho de Piracicaba, realizado no Clube do Sindicato dos Metalúrgicos de Piracicaba, a importância do Cerest - Centro de Referência em Saúde do Trabalhador, que está completando 20 anos, como instrumento fundamental na defesa do trabalho com segurança, que tem feito a diferença nessas duas décadas na defesa da vida do trabalhador.




Nesta atividade, que também marca as duas décadas de atuação do Cerest em Piracicaba, mais de 120 dirigentes sindicais de Piracicaba e região participaram do debate sobre “Precarização do trabalho e os impactos na atividade sindical”, que teve como debatedores José Dari Krein, do Cesit Unicamp, e José Reginaldo do Fórum Sindical, com mediação de Mara Takahashi, do Cerest Piracicaba, que abordaram os ataques ao movimento sindical nos últimos dois governos e a importância do fortalecimento do movimento sindical para atuar também no trabalho preventivo em defesa da saúde dos trabalhadores.


Em sua fala ainda sobre a importância do trabalho desenvolvido pelo movimento sindical de Piracicaba, Juca, que também é presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Piracicaba, destacou a luta desenvolvida por diversos dirigentes sindicais que foram fundamentais para que Piracicaba tivesse o Cerest, instalado no ano de 2003, depois de muitas ações e solicitações junto ao governo federal da época. De acordo com o presidente do Instituto Sindical, esta luta valeu à pena, uma vez que muitas medidas passaram a ser adotas com a forte atuação do Cerest, que com um trabalho de parceria com os sindicatos de trabalhadores, se tornou uma referência nacional no trabalho de garantir ambientes saudáveis de trabalho e no combate a acidentes de trabalho.


No entanto, conforme o dirigente sindical, isso não foi fácil, uma vez que o movimento sindical teve que atuar para garantir a manutenção do Cerest, uma vez que teve administrações que procuraram esvaziar a sua função, devido ao forte loby de setores empresariais que até tentaram extingui-lo. “O trabalho do Cerest é uma grande referência e precisamos continuar atentos para garantirmos que esta importante entidade esteja cada vez mais fortalecida para atuar na defesa de ambientes de trabalho, porque a vida não tem preço, é o maior bem de todos”, completou.


Comentários


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page