top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Piracicaba: deputada Bebel diz que fechamento do IML é reflexo do descaso do governador com a cidade


Bebel diz que antes de fechar o IML, o governo estadual deve buscar tratativas com a Prefeitura e as funerárias de Piracicaba (SP) - Foto: Divulgação

Para a deputada estadual Professora Bebel (PT), o fechamento para reforma do IML - Instituto Médico Legal de Piracicaba (SP), que atualmente funciona junto ao Cemitério da Vila Rezende, é uma demonstração do descaso com que o governador do Estado de São Paulo, Tarcísio de Freitas, tem tratado a cidade e a RMP - Região Metropolitana de Piracicaba. A deputada piracicabana, inclusive, recebeu correspondência de funcionário do IML, denunciando que o fechamento do IML de Piracicaba, programado para ocorrer neste mês, com transferência dos serviços para a cidade de Americana, é intempestivo, uma vez que concorrência SPTC/DA Nº 04/2022, processo SPTC/DA Nº 2022/01155, teve seu último andamento em 7 de março do ano passado. “Portanto, não faz sentido encerrar o serviço que depende de uma licitação que sequer foi homologada”, destaca.




Diante das denúncias, a deputada Professora Bebel estará questionando, através de ofício, o Centro de Perícias, o Instituto Médico Legal, a Superintendência da Polícia Técnico Científico, para que informem qual o andamento da licitação para reforma do prédio, assim como estará apelando ao governo do Estado de São Paulo para que suspenda o fechamento do IML de Piracicaba até que sejam promovidas tratativas com a Prefeitura de Piracicaba visando a disponibilização de um espaço. “É possível que se busque um espaço junto a Prefeitura e as próprias funerárias da cidade, para que se evite a transferência deste importante serviço para a cidade de Americana, uma vez que a população será a maior prejudicada”, diz.


É que no caso de fechamento do IML, tanto a perícia como a emissão de declaração de óbito deixará de ser feita na cidade, forçando a população de Piracicaba e das cidades da região que ao necessitarem deste serviço ter que se deslocar até a cidade de Americana. “Trata-se de mais um descaso deste governo, que inclusive tem reduzido o montante de recursos para a nossa região”, ressaltando que a redução em investimentos para a Região Metropolitana de Piracicaba, no ano passado, em comparação a 2022, foi de aproximadamente R$ 2,24 bilhões.


“Enquanto no ano de 2022 foram investidos na Região Metropolitana cerca de R$ 3,04 bilhões, no ano passado foram investidos apenas R$ 800 milhões. É uma perda de aproximadamente R$ 2,24 bilhões, representando uma queda de 73,8%, e logicamente isso implicou em prejuízos à nossa região, como a não reforma do prédio do IML, que já deveria ter sido feita anteriormente, e a população tem o direito de saber do que está ocorrendo no governo estadual e ajudar a cobrar uma atenção maior para a nossa cidade e região”, completa.


Comentarios


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page