top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Piracicaba: deputada Bebel apoia movimento dos servidores e cobra reabertura das negociações


Servidores municipais, que contam com o apoio do mandato da deputada Bebel, tomaram a frente da Prefeitura, no primeiro dia da greve - Imagem: Divulgação

A deputada estadual Professora Bebel (PT), presidenta da Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de Ensino de Piracicaba), apresentou carta e protocolou na última quinta-feira (31), na Alesp (Assembleia Legislativa do Estadi de de São Paulo), moção de apoio ao movimento dos servidores municipais de Piracicaba (SP) que estão em campanha salarial e se mobilizaram por falta de um acordo com a Prefeitura. No documento, em que a parlamentar apela ao prefeito Luciano Almeida para que reabra as negociações com o Sindicato dos Servidores Municipais de Piracicaba, visando buscar um acordo, foi lido nesta manhã de sexta-feira (1º), pelo diretor do Sindicato dos Servidores Municipais, Osmir Bertazzoni, vem em frente ao prédio do Centro Cívico, onde mais de cinco mil servidores, em greve, se concentraram para protestar contra a insensibilidade do governo municipal nas negociações da campanha salarial.



Na moção que estará sendo encaminhada ao Sindicato dos Servidores Municipais de Piracicaba, ao prefeito Luciano Almeida, à Câmara de Vereadores de Piracicaba e ao Instituto Conespi (Conselho das Entidades Sindicais de Piracicaba), que também tem buscado intermediar um acordo entre as partes, a parlamentar lembra que março é o mês da data-base dos servidores municipais de Piracicaba. “Momento de serem valorizados os servidores municipais, responsáveis por todo trabalho de prestação de serviços públicos à população, seja nas escolas, creches, postos de saúde e prontos-socorros, no trabalho de garantir a segurança pública, na manutenção da cidade, no fornecimento de água e na coleta e tratamento de esgoto, enfim, em todos os setores que a Prefeitura está envolvida, até no funcionamento da máquina burocrática do município, e que inclusive foram fundamentais na pandemia do coronavírus, que só não foi ainda mais grave pelo comprometimento destes nobres trabalhadores, com muitos colocando a própria vida em risco, enquanto outros, infelizmente, chegaram até a óbito”.


A deputada Professora Bebel, que também está manifestando apoio ao movimento dos servidores municipais através das mídias sociais, adverte que a categoria decidiu pela deflagração de greve no último dia 25, em assembleia histórica, com a participação de mais de 2.500 servidores, em função de a proposta apresentada pela administração municipal não atingir os índices reivindicatórios da categoria e serem esgotada as negociações, apesar de a categoria estar há três anos sem reajuste salarial.


Para a deputada Bebel, a falta de bom senso por parte da administração municipal que levou à deflagração de greve dos servidores municipais. “Essa greve tem total apoio do nosso mandato popular na Assembleia Legislativa de São Paulo, uma vez que é legítima e visa unicamente equilibrar seus salários com as inúmeras perdas salariais que tiveram ao longo destes anos, fruto de um governo federal despreparado, que possibilitou a volta da inflação no nosso país, reduzindo assim o poder de compra de toda população brasileira”, enfatiza.


Nota da deputada Professora Bebel

“Os servidores públicos têm prestado um serviço inestimável a toda a população, sobretudo neste contexto de pandemia. Precisam ser valorizados e condignamente remunerados. Assim, é inaceitável que a Prefeitura Municipal de Piracicaba se recuse a negociar com os servidores públicos em greve, e em nada altere uma proposta que prevê um irrisório reajuste de 20% dividido em 3 anos! Frente ao arrocho salarial da categoria e ao descontrole inflacionário do pais, é preciso que se ofereça uma proposta que possa, minimamente, contemplar suas necessidades. A proposta da Prefeitura foi recusada em duas assembleias da categoria. A decisão de paralisação foi tomada pela maioria dos 2.500 servidores que participaram da assembleia histórica realizada em frente ao Centro Cívico, onde funciona a Prefeitura de Piracicaba. Assim, como deputada estadual com representatividade em Piracicaba e região, faço um apelo ao Prefeito Luciano Almeida para que reabra negociações com os servidores públicos municipais, a fim de que se possam encontrar uma solução que possa ser aceita e que atenda suas reivindicações e suas necessidades. Expresso aqui minha solidariedade e meu apoio ao movimento, pois, como servidora pública que também sou, considero que o Poder Público e toda a sociedade devem sempre reconhecer e valorizar nosso trabalho e nosso compromisso com a população”. *Professora Bebel é deputada estadual pelo PT e presidenta da Apeoesp.


Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page