top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Piracicaba (SP): avenida Jaime Pereira é liberada, após serviços na pedreira do Bongue


As faixas no sentido Centro-bairro serão compartilhadas em duplo sentido, enquanto as faixas sentido bairro-Centro seguirão interditadas - Imagem: Prefeitura de Piracicaba

Após a conclusão dos serviços de desmonte e tombamento de rochas na pedreira do Bongue, a Prefeitura de Piracicaba (SP) liberou a avenida Jaime Pereira a partir das 16h desta quinta-feira (6), de forma parcial. As faixas no sentido Centro-bairro serão compartilhadas em duplo sentido, enquanto as faixas sentido bairro-Centro seguirão interditadas. Os trabalhos foram concluídos na segunda-feira (3), 15 dias antes do prazo estipulado.


A liberação parcial tem como objetivo garantir a segurança dos motoristas enquanto é realizada a limpeza do canal que fica na base da pedreira, vizinho às faixas sentido bairro-Centro. A limpeza consiste na retirada do material que se acumulou ali, após o desmonte e tombamento das rochas na parte de cima.



FORÇA-TAREFA

Para a liberação da Jaime Pereira, a Semozel executou força-tarefa com serviços de tapa-buraco, limpeza de guias e sarjetas, reparos na calçada, manutenção na rede elétrica, corte de mato e poda de árvores. “Após laudo que atestava risco de queda de fragmentos de rocha da pedreira interditamos totalmente a via para garantir a segurança de todos até que os serviços de derrubada dessas rochas fosse finalizado. Agora, com essa etapa concluída, podemos liberar a via. Mas ainda temos trabalhos a realizar no local para deixar tudo em ordem. Optamos pela liberação parcial, então, porque nossa maior preocupação é com a segurança de motoristas e pedestres. Vamos realizar todos os serviços necessários até que a pedreira não ofereça mais riscos”, destacou o prefeito Luciano Almeida.


Entre as próximas ações está a limpeza do canal que fica na base da pedreira, que acumulou o material retirado. A Semozel viabiliza a contratação da empresa que fará esse serviço. Além disso, a pasta também abrirá processo de licitação para obras de adequação no sistema de drenagem na rua Aracaju, no alto da pedreira, no Jupiá, com o objetivo de evitar que as águas das chuvas desçam diretamente pelas pedras.


HISTÓRICO

Em 21/11/22 uma pedra de 1,5 metro de diâmetro se desagregou do maciço da pedreira e fragmentos chegaram à avenida Jaime Pereira. Por conta do incidente, como medida de segurança, duas faixas foram interditadas, sentido bairro-Centro.


A Prefeitura, então, solicitou vistoria profissional para análise da situação da pedreira , que foi realizada em 06/12/22, por técnicos da empresa Geocor Consultoria e Projetos. O laudo preliminar apontou a necessidade de interdição total da avenida, realizada em 27/12/22, como forma de garantir a segurança de pedestres e motoristas que passam pelo local.


Laudo final apresentado em 16/01 destacou necessidade de intervenções fundamentais a serem feitas na pedreira, sendo: tombamento de rochas já condenadas, corte de árvores no topo, melhorias no sistema de drenagem no alto da pedreira, e limpeza de área próxima à avenida, para retirar os fragmentos de rocha que já se desagregaram da pedreira.


Serviços de tapa-buraco também foram realizados na avenida Jaime Pereira - Imagem: Prefeitura de Piracicaba

Em 18/01, a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Simap), em conjunto com a empresa Engemaia, iniciou o corte de árvores no topo da pedreira do Bongue. Foram executados os cortes de 40 árvores no topo da pedreira, que estavam em área de risco; a medida foi necessária justamente porque essas árvores já davam indícios de que poderiam cair a qualquer momento e, por isso, precisaram ser retiradas a fim de prevenir novos desagregamentos de blocos de rocha. Além disso, a pasta também realizou 700 podas nas leucenas que ficam na avenida Jaime Pereira.


Para o tombamento das rochas com risco de cair, a Prefeitura contratou, via compra direta, a Nova SLP Negócios Empresariais e Serviços Ltda., que iniciou os trabalhos em 20/03, realizando análise do terreno no topo da pedreira, para determinação e organização do cronograma dos trabalhos, e também dialogaram com moradores da região, para explicar sobre as intervenções.


As primeiras intervenções na pedreira do Bongue começaram em 21/03: os profissionais da empresa contratada fizeram a retirada de material na beira do talude e a derrubada de placas de concreto que já estavam soltas, na altura da rua Aracaju, no bairro Jupiá.


Os serviços de deslocamento, tombamento e desmonte de rochas iniciaram em 24/03 e foram finalizados na última segunda-feira, 03/04.

Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page