top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Outono: especialista alerta sobre a importância da vacina na prevenção contra a gripe


A gripe é mais frequente em períodos frios e muitas vezes confundida com resfriados - Foto: Ilustrativa/Freepik

Durante o outono, especialistas em saúde reforçam a importância da prevenção contra a gripe, doença sazonal que afeta milhões de pessoas anualmente. Paulo Falanghe, pediatra e diretor técnico da CdVac, ressalta a necessidade de estar atento aos sintomas e adotar medidas preventivas para proteger a saúde. “O frio é um período crítico para a propagação da gripe, pois as baixas temperaturas e a maior aglomeração de pessoas favorecem a disseminação do vírus. É fundamental que a população esteja consciente sobre a importância da vacinação como uma das principais formas de prevenção contra a gripe”, alerta.






Segundo o médico, a gripe é uma doença aguda que acomete as vias respiratórias. Ela ocorre quando organismo é infectado pelo vírus influenza. Resfriado e gripe são enfermidades distintas: os resfriados são causados por outros vírus, como o rinovírus e têm apresentação diferente. “A gripe pode ocorrer em surtos ao longo do ano, mas é mais frequente no inverno ou em períodos mais frios. No Brasil, a temporada de gripe ocorre geralmente entre abril e outubro, principalmente nas regiões em que as condições climáticas são mais definidas”, afirma.


A prevenção da gripe consiste em medidas relativamente simples: vacinação e cuidados básicos de higiene. “O objetivo da vacinação é fazer com que a pessoa não contraia a infecção ou, se isso não for possível, que tenha um quadro mais leve da doença, com menor risco de complicações. Os efeitos colaterais da vacina são geralmente locais (dor e inchaço no lugar da aplicação, por algumas horas). Eventos adversos ou mesmo alérgicos relacionados à vacina Influenza são raríssimos”, explica Falanghe.


A clínica de vacinação CdVac dispõe do imunizante contra a gripe e está preparada para atender a demanda da comunidade. “Nossa equipe está empenhada em garantir que todos tenham acesso à vacinação contra a gripe, seguindo os protocolos de segurança sanitária”.


A vacinação deve ser repetida anualmente, porque a vacina muda de acordo com as alterações sofridas pelos vírus. Geralmente, a pessoa demora duas semanas para desenvolver os anticorpos adequados. “Todas as pessoas acima de 6 m podem e devem receber a vacina Influenza anualmente, sendo muito importante a vacinação para crianças abaixo de 5 anos, adultos com mais de 50 anos, imunossuprimidos (transplantados, pacientes com HIV), doentes crônicos e profissionais de saúde”, diz o especialista.


As medidas de higiene úteis para a prevenção da gripe são simples: cobrir a boca quando tossir ou espirrar (para evitar a disseminação maior de partículas que carregam os vírus) e manter as mãos limpas (lavá-las com água e sabão) para evitar eventual transmissão por contato. “Neste momento desafiador, é essencial que todos façam a sua parte para proteger a si mesmos e aos outros. A vacinação contra a gripe é uma medida simples, porém eficaz, que pode salvar vidas”, enfatiza Falanghe.


Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page