top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Lupa do Bem lança site visando aproximar projetos sociais, doadores e voluntários


Portal busca divulgar, incentivar e fortalecer o terceiro setor, desde 2021 - Imagem: Divulgação/Lupa do Bem

Uma recente pesquisa do Instituto Datafolha apontou que a falta de apoiadores financeiros é classificada como dificuldade para 41% das organizações sociais. Além disso, a carência de doações de materiais e equipamentos afeta 13% das instituições e projetos sociais, e a baixa adesão de voluntários impacta 11% desse tipo de organização. Pensando nisso, o portal Lupa do Bem, iniciativa da Sherlock Communications, visa apoiar a divulgação de ONGs - Organizações Não-Governamentais, Oscips - Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público e projetos sociais para que eles possam conquistar ajuda financeira, voluntariado e visibilidade na mídia.




A novidade, segundo Fabiana Rosa, jornalista e fundadora do Lupa do Bem, é o lançamento do site, que tem um design moderno e atrativo, com funcionalidades inovadoras. “Queremos ser uma verdadeira enciclopédia, mapeando o maior número de projetos possível ao redor de todo o Brasil, e sendo uma ferramenta facilitadora para conectar quem quer apoiar, por meio de doações ou voluntariado, a quem precisa ser ajudado”, diz ela.


O novo site contará com um espaço para consulta, onde será possível filtrar os projetos por categoria e pelos estados brasileiros. “Teremos um mapa do Brasil, e então, por exemplo, podemos pesquisar projetos voltados para o esporte no estado do Pará. Quando aparecer a lista dos projetos mapeados nestas categorias, também poderemos ver com facilidade se eles precisam de ajuda financeira, de materiais, de voluntários etc.”, explica Fabiana.


Na prática, o Lupa do Bem é um espaço dedicado à produção e divulgação de conteúdo de impacto social e já soma 22 mil acessos no site. Comemorando recentemente dois anos de existência, o portal já divulgou 233 projetos em conteúdos traduzidos também para o inglês e espanhol. As iniciativas que já foram mapeadas estão nas áreas da educação, cultura, tecnologia, esporte, saúde, comunidade LGBT+, ciência, sustentabilidade, criança, idoso e direitos da mulher, e outras.


Além do apoio nas divulgações, o Lupa do Bem também vêm ajudando financeiramente alguns projetos, e 87 deles já receberam o valor acordado. O cálculo do impacto estima que mais de 3,5 mil pessoas estão sendo afetadas diretamente por essas doações.


História

“Criamos o Lupa do Bem em 2021, em parceria com a equipe de jornalistas do Favela em Pauta. Desde então, trabalhamos muito e, hoje, temos uma equipe multidisciplinar que é responsável por fazer o projeto funcionar e crescer cada vez mais”, conta Fabiana Rosa, jornalista e fundadora do Lupa do Bem.


A escritora Neuza Nascimento também faz parte do time que desenvolve conteúdo desde o início do site. “Por conta da minha experiência em projetos sociais, recebi o convite para dar vida à Coluna da Neuza, onde trago informações sobre trabalhos comunitários, projetos sociais, instituições e indivíduos que se destacam de forma positiva, realizando coisas boas em prol de outras pessoas pelo Brasil afora”, explica ela.


“Aceitei porque amo escrever, adoro entrevistar as pessoas e projetos e ouvir suas histórias de lutas para chegarem até onde estão. Procuro coletar o maior número de informações possíveis para que eu possa fazer uma apresentação de forma fidedigna”, completa Neuza. Para ela, as informações divulgadas para o público também podem incentivar uma ajuda financeira, dar mais visibilidade e conferir credibilidade aos projetos por meio do registro dentro de um site jornalístico sério.


Impacto positivo para além das matérias

Visando proporcionar um conteúdo com linguagem clara e acessível, o Projeto Lupa do Bem realizou uma parceria com a Pitanga.Mob, empresa especializada em engajamento e captação de recursos, para desenvolver um e-book voltado para orientar as organizações na busca por fontes de financiamento. A publicação de 22 páginas esclarece termos técnicos e simplifica explicações sobre o funcionamento de editais e outras formas de captação de recursos, temas que originalmente são vistos como mais complexos pelos criadores de projetos.


A publicação, disponível no link lupadobem.com/guia-de-mobilizacao-de-recursos, traz dados sobre doações no país, orientação acerca de um planejamento contínuo, a importância de uma comunicação de valor e o mapeamento das fontes de captação. É um e-book que aborda desde a elaboração de um plano de captação de recursos até o uso de tecnologia e marketing para alcançar potenciais doadores.


Segundo Fabiana Moreno, a ideia surgiu ao perceber a falta de apoio e, muitas vezes, conhecimento que pequenas organizações ou projetos têm sobre como ampliar sua atuação. “Existem diversas estratégias que as ONGs e OSCs (Organizações da Sociedade Civil) no Brasil podem adotar para captar recursos de forma eficiente e sustentável. A captação pode ser realizada com diversas estratégias, desde a busca por doações individuais e corporativas, até eventos de arrecadação de fundos. É importante que essas organizações estabeleçam metas claras e definam um plano de ação detalhado para alcançá-las”, detalha ela.


Sobre o Lupa do Bem

Lançado em 19 de julho de 2021, no Dia Nacional da Caridade, o Lupa do Bem é um espaço dedicado à produção de conteúdos de impacto social. Com pluralidade e equilíbrio, o objetivo é destacar ideias e pessoas que estão promovendo mudanças e ampliando vozes na sociedade. Este é um projeto da Sherlock Communications, premiada agência de relações públicas e marketing digital da América Latina. Para saber mais, visite o site e as redes sociais no Facebook, Instagram e Twitter.

Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page