top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Grupo Andaime Teatro apresenta a peça “Quem morreu?” no Sesc Piracicaba, na sexta-feira (3)


Jorge Lode, Carlos Jerônimo e Antonio Chapéu dividem o palco - Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira (3), às 20h, no Teatro do Sesc Piracicaba, o Grupo Andaime estreia sua mais nova montagem “Quem morreu?”, com direção de Ésio Magalhães, cenografia e figurinos de Carlos ABC. No elenco, os atores Jorge Lode, Carlos Jerônimo e Antonio Chapéu dividem o palco como três velhos rabugentos, numa comédia que faz refletir. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Sesc.


A peça teve início no período da pandemia, quando foi realizado um registro audiovisual. De lá para cá, ocorreram algumas transformações no texto, no elenco, na encenação, assim como na vida das pessoas.





“Quem morreu?” é a história de três velhos artistas circenses que se encontram no velório de um amigo que nem eles sabem quem é, ao certo. Nesse encontro, eles vão recontando suas histórias, resgatando amizades, apesar das fagulhas acesas, das rabugices, da falta de tempo para reparar erros do passado, do tempo em que o circo vivia o auge do sucesso. São boas memórias. Na ânsia de rememorar esse tempo, eles terão que conviver com suas diferenças, com seus modos únicos de ver o mundo. Com isso, fazem transparecer a grande amizade que une esses velhos rabugentos, ao longo de tantos anos.


A ficha técnica do espetáculo é composta por Tiago de Luca (iluminação), Carlos Jerônimo (dramaturgia, a partir de pesquisa do Andaime, com assessoria de Esio Magalhães), trilha sonora e fotografia de Ariane Martins, maquiagem de Esio Magalhães, Jennifer Garcia nas plataformas digitais, composição da trilha sonora de Nabor Nunes, execução das músicas com Marcos Abreu e convidados, produção da Associação Cultural Arte e Andaime Teatro.


Sobre o Grupo Andaime

O Grupo Andaime foi criado em 1986, dentro da Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep) e lá permaneceu por quase 30 anos. Atualmente, o Território Andaime está instalado no Ponto de Cultura Garapa que existe há 10 anos. Em 37 anos de história teve 17 peças encenadas, num total de mais de 750 apresentações em mais de uma centena de cidades brasileiras de seis Estados, atingindo um público superior a 170 mil espectadores.


Com um trabalho reconhecido pelo público e pela crítica, o grupo recebeu 120 prêmios em festivais, destacando-se o Prêmio Cooperativa Paulista de Teatro e 15 prêmios de melhor espetáculo em Festivais Nacionais de Teatro dos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Santa Catarina. Também já se apresentou em turnês na Itália e Estados Unidos.


Nessa nova montagem, o grupo tem como orientador o ator e diretor Esio Magalhães, com vasta experiência na linguagem da palhaçaria e o experiente cenógrafo e figurinista Carlos ABC.


SERVIÇO

“Quem morreu?” - espetáculo do grupo Andaime: Nesta sexta-feira (3), às 20h, no Teatro do Sesc Piracicaba. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Sesc.

Комментарии


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page