top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Fundação Raízen forma mais de 2 mil jovens de escolas públicas no programa Ativa Juventude


Realizada desde 2018, iniciativa impulsiona estudantes de escolas públicas a desenvolverem competências socioemocionais - Imagem: Divulgação

A Raízen, referência global em bioenergia, celebra o fechamento de mais um ciclo do programa Ativa Juventude. Por meio de 58 celebrações de encerramento, a ação, que certificou 2.426 estudantes de 71 escolas em 27 municípios, faz parte das atividades da Fundação Raízen, que desde 2002 vem desenvolvendo programas para o aprimoramento de crianças e jovens em territórios de atuação da companhia. Além da entrega do documento de conclusão para os alunos, os educadores que conduziram o programa também recebem certificados de mais de 100 horas em formação voltada ao desenvolvimento de práticas pedagógicas com o uso de metodologias ativas pelo Amplifica (consultoria certificada pelo Google for Education), parceiro da Fundação.




O Ativa Juventude busca desenvolver jovens estudantes do 9º ano de escolas municipais e estaduais que estão em fase de transição para o ensino médio. O objetivo é garantir que esses jovens descubram suas vocações e caminhos profissionais. Os adolescentes recebem conteúdos on-line e, uma vez por semana, se reúnem presencialmente em suas escolas com o educador, pois fornecem a eles um ambiente que maximize todo o potencial que eles têm e sejam capazes de transformar suas próprias histórias e de suas famílias.


Com duração de quatro meses, o programa é dividido em três etapas, que são: “Quem sou eu”, voltado a temas como autoconhecimento, resgate da própria história, compartilhar e conhecer outras histórias; “Qual o meu sonho e quais são as minhas habilidades?”; e, por último, “Quais os passos para alcançar este sonho”, em que é trabalhado o incentivo para conclusão do ensino médio, período de maior evasão escolar.


“As celebrações de encerramento são importantes porque valorizamos o ato de celebrar as conquistas ao longo da vida, além disso é um momento de reunir a comunidade acadêmica que são parceiros fundamentais na jornada do Ativa Juventude dentro das escolas”, afirma Fernanda Ferraz, gerente de Performance Social da Raízen e diretora executiva da Fundação Raízen. “Esses estudantes são o nosso futuro e na Raízen, trabalhamos para redefinir o futuro da energia, e isso também significa direcioná-la em benefício de todos e da sociedade”, completa.


Desde 2018, o programa já formou mais de 7.800 jovens em 60 municípios, sendo 48 territórios Raízen, reforçando o compromisso público da companhia com o impulsionamento de ações de educação em 100% dos entornos das operações da empresa até 2030.

Sobre a Fundação Raízen

A Fundação Raízen tem como objetivo ampliar oportunidades para crianças e jovens em locais onde a Raízen tem operações. Por meio da educação, a instituição investe no desenvolvimento de crianças e adolescentes impulsionando autonomia, protagonismo e cidadania. Além do programa Ativa Juventude, a Fundação Raízen atende 220 crianças em Jaú (SP), por meio do programa Ativa Infância, pensado para que crianças de 0 a 5 anos tenham acesso à escola integral e atividades complementares para crianças de 6 a 10 anos. Com uma abordagem viva e inovadora, o Ativa Infância tem entre seus elementos a escuta, a interação com a arte e com a natureza, e tem como fundamento a parceria entre famílias e a comunidade escolar.

Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page