• O Canal da Lili

Feira Preta celebra 20 anos com shows de Péricles, Emicida, Liniker, Tasha & Tracie e Afrocidade


Participantes durante a edição presencial da Feira Preta 2019 - Imagem: Monica Silva

Há 20 anos a Feira Preta, maior evento de cultura e empreendedorismo negro da América, vem sendo construída a muitas mãos, em conjunto com pessoas e instituições privadas e públicas que ajudam a contar essa história e chegar a cada vez mais gente. Com o tema "Existe um futuro preto e ele não se constrói sozinho", a edição deste ano será co-realizada com o Facebook, de 20/11 a 10/12, durante 20 dias intensos de programação com atrações nacionais e internacionais, entre shows, workshops, espetáculos, intervenções artísticas e painéis. O evento conta, ainda, com milhares de produtos de empreendedores de todo o País que estarão à venda nos marketplaces dos parceiros e da Feira Preta. Para acompanhar a programação completa do evento acesse o no site oficial do Festival Feira Preta.


Mais de 200 mil pessoas, 3 mil artistas e 1.800 empreendedores já passaram pelo evento, que com as vendas de produtos e serviços de afroempreendedores movimentou mais de R$ 6,5 milhões. Para a edição deste ano, há mais de 70 atividades confirmadas que vão falar de negócios, mas também de afeto, autocuidado, arte, gastronomia e muito mais, com shows de Emicida, Péricles, Liniker, Afrocidade e Tasha & Tracie. A expectativa é que o evento tenha uma audiência de mais de 2 milhões de pessoas acompanhando os conteúdos do Festival, que estarão disponíveis no Facebook e Instagram da Feira Preta e seus parceiros.


"Celebrar a 20ª edição do Festival Feira Preta é um marco no que tange ao avanço da pauta racial no País. Neste ano contamos com a parceria das marcas, muito além do aporte financeiro, mas também com curadoria dos conteúdos e com pessoas pretas em todas as frentes, fruto do efeito sistêmico da inclusão racial. Estão nos ajudando a contar nossas histórias, ampliando o alcance das duas décadas do festival, somadas aos tantos séculos de luta, e fortalecendo o afroempreendedorismo", comemora Adriana Barbosa, idealizadora da Feira Preta e CEO da PretaHub.


Para a empreendedora, reconhecida como uma das pessoas negras com menos de 40 anos mais influentes do mundo pelo MIPAD, e premiada com o Troféu Grão do Prêmio Empreendedor Social, pelo Prêmio CLAUDIA 2019, Prêmio Sim à Igualdade Social e Women to Watch e primeira mulher negra entre os Inovadores Sociais do Mundo no Ano, pelo Fórum Econômico Mundial, o ano de 2021 foi marcado por inúmeras realizações. Além da inauguração da Casa PretaHub em Cachoeira, no Recôncavo da Bahia, a empreendedora lançou o livro Preta Potência - Como a resistência e a ancestralidade me ajudaram a criar o maior evento de cultura negra da América Latina (Harper Collins, 2021), que narra toda sua trajetória na construção do festival. A obra inspirou, inclusive, uma das atrações do evento: o painel Pretas Potências, que une um grupo com mais de 20 jovens, que produzirão conteúdos acerca do tema deste ano da Feira Preta.


"A Feira Preta sempre priorizou a potência do trabalho em rede e tem se construído a muitas mãos. Nesta edição, contamos com o apoio das marcas para a curadoria de todas as atrações, trazendo a narrativa das duas décadas do festival, ressaltando a importância do passado, presente e futuro no que somos hoje. Em um formato on-line, temos novamente o desafio de entreter e informar diferentes públicos, promover debates, negócios e networkings com o mesmo impacto que a Feira possui em formato físico. Por isso, estamos mais uma vez explorando o melhor do on-line com o auxílio do Facebook, das marcas parceiras e produtoras pretas que estão responsáveis pela produção dos conteúdos deste ano também" conta Adriana, que explica que as comemorações de 20 anos da Feira Preta devem se estender até novembro de 2022, quando deve voltar ao formato físico no Memorial da América Latina.


A Feira Preta 2021 é uma realização da PretaHub e correalização com Facebook. E ainda conta com as parcerias do Assaí Atacadista, iFood, Mercado Livre, Instituto C&A, Converse, British Council, Consulado dos Estados Unidos, Via, por meio da Fundação Casas Bahia e Instituto Moreira Salles, CEERT, GIFE e MOVER. E como redes aliadas na execução, conta ainda com Oxalá Produções, MOVA, Terra Preta Produções, Casa Natura Musical, Ayo Produções, Oliver Press e Gentilização, entre parceiros aliados.


SERVIÇO

Festival Feira Preta 2021 - Existe um futuro preto e ele não se constrói sozinho: de 20/11 a 10/12. Formato: on-line - Via redes sociais da Feira Preta - @feirapretaoficial . Ingressos: Gratuito. Programação: site oficial .


Sobre a Feira Preta

O evento criado em 2002, por Adriana Barbosa, como uma feira de produtos de empreendedores negros, hoje é o maior de cultura e empreendedorismo da América Latina, trazendo conteúdos, produtos e serviços que representam o que há de mais inventivo, inovador e criativo em diferentes segmentos. É o maior espelho vivo das tendências afro-contemporâneas do mercado e das artes da América Latina, além de ser o espaço ideal para valorizar iniciativas afro-empreendedoras de diversos segmentos, com acesso desde tecnologia à literatura, de música às artes digitais, sempre apresentando o que há de mais urgente e futurista nas reflexões da existência preta.


Sobre a PretaHub

PretaHub é uma aceleradora do empreendedorismo negro no Brasil. Um hub de criatividade, inventividade e tendências pretas. É uma evolução da experiência de 18 anos da Feira Preta, maior evento de cultura e economia negra da América Latina, que em 2018 atingiu sua maioridade. Saiba mais: https://www.pretahub.com/ .


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon