top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Estudo revela que o padrão alimentar do brasileiro está entre os piores do mundo


O aumento no consumo de alimentos industrializados, ultraprocessados e a alta nos preços dos alimentos contribuem para a má alimentação - Imagem: Ilustrativa/Freepik

Pesquisa divulgada pela revista científica Nature Food revela que o padrão alimentar dos brasileiros é considerado um dos piores do mundo. De acordo com o estudo, o aumento no consumo de alimentos industrializados, ultraprocessados e a alta nos preços dos alimentos contribuem para a má alimentação.


Segundo Irani Gomes dos Santos Souza, nutricionista e coordenadora do curso de Nutrição da Faculdade Santa Marcelina, a maioria das pessoas têm a ideia errônea de que alimentação saudável é aquela só composta por frutas e legumes. “Para uma alimentação ser considerada saudável ela precisa respeitar as necessidades nutricionais do seu corpo, pois o excesso traz sobrecarga como, por exemplo, excesso de peso e a falta traz a carência nutricional, como anemia. Além disso, precisa ser de qualidade, mas quando digo qualidade quero dizer como o alimento é composto, ou seja, alimentos com fibras são melhores para nosso corpo do que alimentos com farinha refinada”, explica.



Outro princípio importante é combinação entre os alimentos, pois a composição adequada auxilia o corpo no aproveitamento dos nutrientes. “Um exemplo simples é o consumo de frutas ricas em vitamina C como sobremesa no almoço e jantar. A vitamina C ajuda na absorção do ferro presente na carne e feijões. Como último princípio temos a necessidade da alimentação se adequar ao dia a dia da pessoa, cultura, idade, atividade física, entre outros. Então uma alimentação saudável não precisa ser cara, precisa ser acessível e que traga benefícios ao nosso corpo, além de ser prazerosa e gostosa”, enfatiza Irani.


Entenda os alimentos

De acordo com a nutricionista, é preciso entender o que significa um alimento in natura, minimamente processado e ultraprocessado, pois atualmente, a maioria dos nossos alimentos são industrializados, já que passam por algum processo na indústria alimentícia. Os alimentos in natura ou minimamente processados são aqueles como encontramos na natureza e podemos consumir. Os alimentos processados são aqueles que sofreram alguma alteração em sua composição original devido adição de alguns ingredientes como sal e açúcar. Os alimentos ultraprocessados tem várias alterações realizadas em sua composição original e muitas delas são prejudiciais à saúde aumentado a chance de desenvolver hipertensão arterial, diabetes, obesidade, aumento do colesterol, entre outras. Esses alimentos são ricos em sal (sódio), açúcar, gorduras inclusive a hidrogenada (gordura trans), conservantes, aromatizantes, realçadores de sabor, entre outros.


Para entender melhor a diferença entre eles fica mais fácil ao ver os seguintes exemplos: Milho (alimento in natura ou minimamente processado); Milho em conserva (alimento processado); Salgadinho de milho (alimento ultraprocessado). Confira abaixo, mais informações passadas pela nutricionista Irani Gomes dos Santos Souza:


Quais alimentos são mais completos do ponto de vista nutricional?

É importante entender que nosso corpo precisa de vários nutrientes e que variam de acordo com faixa etária ou condição física como, por exemplo, uma mulher em várias fases (criança, adolescente, adulta, gestante, menopausa, idosa). Os alimentos em nossa vida são mais potentes quando estão juntos e combinados. Nenhum alimento terá tudo que nosso corpo precisa, mas com a combinação correta fornecem nossa necessidade de carboidratos, proteínas, gorduras e de vitaminas e minerais.


Beber dois litros de água por dia é o indicado? Por quê?

O nosso corpo é composto de 70% a 75% de água, por isso, hidratar-se significa manter esse nível sempre adequado. A falta de água pode trazer cansaço, tontura, dor de cabeça, prejuízo no funcionamento do coração, raciocínio, memoria e concentração, prejudicar o funcionamento do intestino e reduzir a absorção de nutrientes, além de dificultar o processo de emagrecimento. Em cada faixa etária existe uma necessidade de água podendo variar de 700 ml a 3.800 ml onde o menor valor seria para crianças de 6 meses e o maior valor para lactantes (mulheres que estão amamentando). Para adultos sem restrição de água, por solicitação médica, pode fazer uma conta simples: 30 ml X peso atual. Essa será o quanto precisará tomar de água por dia.


A redução dos níveis de açúcar é essencial para uma alimentação mais saudável?

Ao nascermos nosso paladar não está adaptado ao consumo do açúcar. Com o passar dos anos, esse alimento nos é ofertado e assim quanto mais consumimos mais queremos. Nosso corpo se adapta a esse alimento rapidamente, porém junto com o excesso do açúcar também ganhamos alguns maléficos, como: excesso de peso, aumento dos triglicérides, diabetes, entre outros. Sempre oriento que, assim como aprendemos a gostar muito de açúcar, podemos reduzir aos poucos sem exclusão radical, porém adaptando nosso paladar a uma pequena quantidade.


Alimentos integrais e orgânicos são essenciais para alimentação mais saudável?

Alimentos integrais são importantes para o nosso organismo, pois são ricos em fibras. As fibras, além de nos proporcionar melhor saciedade, ajudam na redução de peso, reduzem a absorção de glicose e colesterol e fortalecem nosso intestino, ajudando na absorção de nutrientes e proteção do nosso corpo. Já os alimentos orgânicos são livres de agrotóxicos, componentes estes que podem causar problemas renais, vários tipos de câncer, alergias respiratórias, problemas cardíacos, entre outros. Porém, ainda são mais caros do que os alimentos feitos de farinha refinada ou não orgânicos, o que muitas vezes leva ao consumidor não escolher esses alimentos, porém, às vezes, devemos pensar no custo-benefício. Cuidar agora para não termos problemas de saúde mais tarde.





留言


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page