• O Canal da Lili

Especialista destaca os principais benefícios da equoterapia para a saúde


Equoterapia ajuda na redução da ansiedade, letargia, do estresse e sintomas da depressão - Imagem: Ilustrativa

Viver com animais traz diversos benefícios à saúde e é tão positivo que, em alguns tipos de terapias, os animais estão presentes para somar nos tratamentos. Estudos mostram o potencial e ajuda na redução da ansiedade, letargia, do estresse e sintomas da depressão. E a equoterapia é um importante método de tratamento para pessoas com deficiência por meio da conexão das pessoas com os cavalos, que proporcionam várias possibilidades de abordagens interdisciplinares, com foco na reabilitação física e mental.


Segundo a coordenadora do curso de Medicina Veterinária da Faculdade Anhanguera, Juliana Zambelli “A equoterapia é uma ótima opção terapêutica, pois os exercícios realizados no cavalo estimulam a resposta do sistema nervoso central, além de trazer melhora na postura e na percepção do movimento.O contato com esses equinos oferece a recuperaçãopara pessoas com algum tipo de distúrbio, sendo recomendado, principalmente, a portadores da síndrome de Down, esclerose múltipla e autismo. Auxilia ainda no tratamento de crianças e jovens com hiperatividade, que podem apresentar dificuldade de concentração.”.



Os principais benefícios da equoterapia são: desenvolvimento do afeto; estimulação da sensibilidade tátil, visual e auditiva; melhora da postura e do equilíbrio; aumentoda autoestima e a autoconfiança, promove a sensação de bem-estar; melhora do tônus muscular; permite o desenvolvimento da coordenação motora e percepção dos movimentos; facilita o processo de integração nos grupos.


“Essa é uma metodologia de tratamento completamente natural e aproveita os benefícios da relação entre o corpo e as sensações do paciente em harmonia com a movimentação do cavalo. A prática vai além da ação de montar, aproveita o melhor que a conexão entre humanos e animais pode proporcionar” destaca Juliana.


A especialista compartilha quando a equoterapia é indicada: Síndrome de Down; Paralisia cerebral; Derrame; Esclerose múltipla; Hiperatividade; Autismo; TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade). Recomendada, também, após traumas e realização de cirurgias.

  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon