top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Escolas públicas: com 30 finalistas, Prêmio Liga STEAM 2023 anuncia vencedores em dezembro


Vencedores serão conhecidos em dezembro - Foto: Bolly Vieira

Depois de 12 meses de organização, milhares de alunos e professores participantes e quase 300 projetos desenvolvidos em escolas públicas do País, foram anunciados no dia 17 de novembro os 30 finalistas do Prêmio Liga STEAM 2023, o maior movimento de divulgação da abordagem educacional STEAM do Brasil. Foram escolhidos 10 projetos de Educação Infantil, 10 de Ensino Fundamental e 10 de Ensino Médio de 22 cidades de 11 estados. Os vencedores de cada categoria serão conhecidos em dezembro. Os prêmios envolvem laboratório de robótica, brinquedoteca e valores em dinheiro, a serem revertidos em equipamentos e benfeitorias para as escolas.



Os 30 projetos selecionados podem ser conferidos no site da Liga STEAM. A abordagem STEAM promove a aprendizagem por meio de metodologias ativas, como o desenvolvimento de projetos para a resolução de situações reais do dia a dia dos alunos. O Prêmio Liga STEAM 2023 teve como tema “8 bilhões de motivos para mudar o presente. Sua contribuição para o planeta começa em sua comunidade”, os projetos finalistas compõem um conjunto de ideias de estudantes de escolas públicas brasileiras para melhorar o mundo.

O Prêmio Liga STEAM está em seu segundo ano de ativação e é uma iniciativa da aliança social formada entre a Fundação ArcelorMittal e a Fundação Branco do Brasil, com apoio técnico da Tríade Educacional e gestão operacional da AVSI Brasil. Tatiana Nolasco, presidente da Fundação ArcelorMittal, comenta que os trabalhos selecionados contemplam de forma abrangente os 17 ODS - Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que são as metas da ONU para erradicar a pobreza, proteger o meio ambiente e garantir paz e prosperidade às pessoas. “Além de melhorar a aprendizagem e o conhecimento, a abordagem STEAM contribui para uma formação cidadã”, diz ela.

“A qualidade dos projetos melhorou muito, foi difícil escolher”, comemora Lilian Bacich, da Tríade Educacional. “Os alunos se colocaram como protagonistas da solução dos problemas.” Os projetos também foram mais bem elaborados, o que é resultado do esforço na formação de professores, realizada ao longo de 2023, por meio de lives e programas específicos, que contribuíram para melhorar o entendimento do STEAM. “Esse é o grande legado do projeto”, avalia ela. Um exemplo é a cidade de João Monlevade (MG), onde 398 professores da rede pública municipal de ensino da cidade (o que significa praticamente toda a rede) participaram ativamente do projeto. A cidade tem dois projetos selecionados entre os finalistas.

Os estados e cidades de onde vêm os finalistas

Os 30 projetos finalistas vêm de 22 municípios de 11 estados brasileiros. Na Educação Infantil, são cinco projetos de São Paulo, quatro de Minas Gerais e um de Santa Catarina. No Ensino Fundamental os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul entram com dois projetos selecionados cada, enquanto Santa Catarina e Pernambuco com um projeto cada. Já no Ensino Médio, dois projetos vieram do Ceará, enquanto os estados de Maranhão, Pernambuco, Distrito Federal, Goiânia, Minas Gerais, São Paulo, Pará e Rio Grande do Sul tiveram um projeto selecionado cada.

Dos 30 projetos selecionados, 11 vieram de municípios que receberam a Formação de Redes de Educadores, como Piracicaba (SP), João Monlevade (MG), São Francisco do Sul (SC) e Resende (RJ). Os outros vêm dos municípios Varginha (MG), Bacabal (MA), Belém (PA), Cabo Verde (MG), Caldas Novas (GO), Campo Bom (RS), Guará I (DF), Iracema (CE), Juazeiro do Norte (CE), Jundiaí (SP), Portão (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Sabará (MG), Salgueiro (PE), Tiradentes (MG), Ubatuba (SP) e Vitória das Missões (RS). O Programa de Formação de Educadores Liga STEAM visa aprofundar o conhecimento dos profissionais de Educação sobre a abordagem STEAM.

No último dia 17 de novembro foram anunciados os 30 finalistas do Prêmio Liga STEAM 2023 - Foto: Gabriel Araújo

O que é a Liga STEAM

Criada pela Fundação ArcelorMittal, a Liga STEAM é uma estratégia para conectar parceiros e somar forças e investimentos na educação brasileira. Bastante difundida em países como Estados Unidos, China, Austrália e Reino Unido, a abordagem STEAM promove conhecimento por meio de metodologias ativas, como o desenvolvimento de projetos para o enfrentamento e resolução de questões sociais, econômicas ou climáticas, vividas no dia a dia pelos alunos em sua comunidade.


A abordagem valoriza a contribuição coletiva em sala de aula e a aplicação de conhecimentos de Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática (daí o acrônimo em inglês, STEAM).

Fundação ArcelorMittal

Criada em 1988, a Fundação ArcelorMittal é responsável por direcionar os investimentos sociais e conectar o Grupo ArcelorMittal a causas relevantes para a cidadania das crianças e jovens brasileiros. As iniciativas promovidas pela Fundação se articulam em três eixos prioritários: Educação, Cultura e Esporte. Só em 2022, mais de R$73 milhões foram investidos em recursos próprios e incentivados.

Fundação Banco do Brasil

Em 1985, o Banco do Brasil instituiu a Fundação BB para contribuir para a transformação social dos brasileiros e o desenvolvimento sustentável do país. É a principal instituição gestora dos projetos socioambientais apoiados por meio do Investimento Social Privado - ISP do BB e de parceiros, declarada o coração social do Banco do Brasil. Nos últimos 10 anos, foram investidos R$ 2,6 bilhões em 10 mil iniciativas que impactaram positivamente a vida de 6,6 milhões de pessoas. Os eixos de atuação são: Tecnologia Social (eixo transversal), Educação para o Futuro, Meio ambiente e Renda, Saúde e Bem-estar, Ajuda Humanitária e Voluntariado.

Tríade Educacional

É referência na formação docente e na produção de materiais relacionados à educação inovadora, envolvendo temáticas como Metodologias Ativas, Ensino Híbrido e STEAM. Seus diretores, Lilian Bacich e Leandro Holanda, são autores de materiais que são bases de propostas de formação nessas temáticas pelo país e têm impactado milhares de educadores e centenas de instituições de ensino nos últimos 10 anos.

Associação Voluntários para o Serviço Internacional

AVSI Brasil - É uma organização brasileira, sem fins lucrativos, constituída em 2007, cuja missão é tornar as pessoas protagonistas de seu desenvolvimento, de sua família e de sua comunidade, por meio de projetos sociais em contextos de vulnerabilidade ou emergência humanitária. É uma organização local vinculada ao contexto internacional por meio da Fundação AVSI, ONG de origem italiana que atua em 39 países, presente no Brasil desde a década de 1980 e que estimulou a criação da AVSI Brasil.

SERVIÇO

Finalistas do Prêmio Liga STEAM 2023: os 30 projetos desenvolvidos por estudantes brasileiros para melhorar o mundo - Conheça os finalistas: Prêmio Liga STEAM

Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page