• O Canal da Lili

Dicas para o uso do gás encanado no dia a dia garantem segurança aos clientes


Consumo total de gás natural no Brasil registrou um crescimento de 28% em 2021 - Imagem: Divulgação/Comgás

O gás natural encanado já está presente no cotidiano de muitas pessoas, seja em casas, condomínios, comércios ou indústrias. Versátil e seguro, o energético têm inúmeras aplicações: do preparo dos alimentos no fogão, ao aquecimento de água, passando pela climatização de ambientes, geração de energia elétrica e até como combustível automotivo.


De acordo com dados recentes da Abegás – Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado – o consumo total de gás natural no Brasil registrou um crescimento de 28% em 2021 na comparação com a média acumulada do ano anterior. Apenas no segmento residencial, a alta foi de 5,7%. “É por estarmos vendo uma crescente procura de clientes em busca de gás natural encanado que é preciso falar também sobre boas práticas quanto à sua utilização. Embora seja um energético seguro, já que se dissipa facilmente por ser mais leve que o ar e o que reduz o risco de acidentes em caso de vazamento, é preciso atenção aos pequenos detalhes no dia a dia”, destaca Carla Sautchuk, diretora de Operações e Serviços da Comgás.



Abaixo, você confere algumas dicas de segurança elencadas pela Carla e que devem ser adotadas na hora de instalar ou consumir o gás encanado:


Atenção à coloração da chama

No fogão, observe se a coloração da chama está azul e se a altura dela é a mesma em todos os bocais. A diferença pode ser indicativa de irregularidade. Nesse caso, é importante acionar um profissional habilitado para fazer as verificações necessárias.


Sentiu cheiro de gás?

Em casa ou em ambientes fechados, antes de qualquer ação, não acenda ou apague luzes, não ligue aparelhos na tomada, nem risque fósforos. Verifique se o cheiro está realmente no local ou se vem de fora do imóvel. Abra as janelas para manter o ambiente ventilado. Acione a concessionária de gás natural da sua cidade para alertar sobre o ocorrido e para que uma equipe seja enviada até o local. Se o cheiro vier da rua, siga o procedimento de contatar a empresa fornecedora.


Atenção aos aquecedores a gás

Para esses equipamentos, um bom caminho é certificar-se de que o local onde ele está instalado esteja sempre ventilado, especialmente no inverno.


Além disso, é importante sempre estar atento ao duto de exaustão. Verifique se o duto está bem encaixado em ambas as extremidades, se está rasgado ou apresenta manchinhas pretas (furos por corrosão). Caso identifique algum destes sinais, é imprescindível solicitar a visita de um profissional qualificado para realizar a troca ou encaixe adequado e evitar o risco de vazamentos.


Cuidados durante obras e reformas

Antes do início de qualquer reforma interna em apartamentos, residências ou em áreas comuns de condomínios é muito importante que as tubulações de gás sejam localizadas. Para isso, tenha em mãos as plantas das tubulações de gás, que podem ser obtidas com o síndico ou diretamente com a empresa construtora responsável pela execução das redes de gás do imóvel. Caso nenhum deles consiga ajudá-lo, procure um técnico especializado – nunca realize reparos ou consertos por conta própria. Essas atividades somente devem ser realizadas por profissionais qualificados.


Caso a reforma seja na calçada ou na rua, é imprescindível que as tubulações de gás sejam localizadas antes do início de qualquer obra, com o uso de informações dos cadastros das redes e ramais em campo, bem como a realização das sondagens. Para isso, é necessário consultar a concessionária antes de iniciar os serviços. E se caso durante a realização da obra alguma tubulação for danificada, feche o registro de gás e acione imediatamente a empresa.


Segurança do medidor e registros

Vazamentos de gás podem interferir no fornecimento e até mesmo aumentar as contas individuais do consumidor no final do mês. Logo, a visita de um leiturista de forma recorrente pode evitar esses impasses, além dele também verificar a integridade do aparelho.


Os medidores e registros também precisam de atenção especial antes da realização de obras e reformas. Caso o consumidor se ausente por um longo período, importante mantê-los fechados.


Troca periódica dos flexíveis de gás

A conservação e constante checagem da integridade dos flexíveis – componente que interliga o equipamento a gás (como fogão, churrasqueira, aquecedor, entre outros) com a rede interna de gás dos imóveis - é um caminho para garantir a segurança e evitar riscos.


É importante a visita de um especialista para avaliar o estado de conservação dos flexíveis e, se for o caso, recomendar a troca, evitando qualquer risco de vazamento.


Detector de vazamento

Você sabia que é possível instalar um detector de vazamento de gás? O aparelho é muito utilizado em diversos países do mundo e é um equipamento que garante ainda mais a segurança. Para pessoas com problemas olfativos, torna-se um elemento imprescindível.


Outras dicas importantes

Nunca deixe que crianças mexam em aparelhos a gás.


Não utilize o aquecedor a gás ou sua chaminé para secar roupas ou armazenar produtos. Isso obstrui a entrada e saída de ar e pode superaquecer o equipamento.


Mantenha produtos e objetos inflamáveis longe dos aquecedores. Eles podem entrar em combustão e provocar incêndios.


E sempre, em caso de dúvida ou qualquer suspeita de vazamento na área de concessão da Comgás no Estado de São Paulo, acione a Comgás pelo 08000 110 197 (em caso de vazamentos escolha a opção 1; durante obras e reformas, para pedidos de cadastros das redes e ramais, escolha a opção 2 do menu de voz que surgirá durante o atendimento). Equipes estão disponíveis todos os dias da semana, 24 horas por dia.

  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon