• O Canal da Lili

Dia Internacional da Felicidade: apesar de diversos desafios, brasileiros permanecem solidários


Natália Bernardo, de Petrópolis (RJ), tem filhos assistidos pela LVB e também voluntária - Imagem: Divulgação

Você sabia que existe um medidor de felicidade mundial? É isso mesmo. Anualmente, a Rede de Soluções de Desenvolvimento Sustentável da ONU (Organização das Nações Unidas) publica os dados em seu relatório mundial, mostrando os países mais felizes do planeta; inclusive, é neste mês em que se comemora o Dia Internacional da Felicidade, celebrado em 20 de março. Segundo cientistas, há variáveis subjetivas que potencializam esse sentimento e que vão além de questões econômicas e de saúde, a exemplo de fatores sociais, como o suporte familiar e a generosidade.


A Ciência já comprovou em estudos que ser generoso traz felicidade ao ser humano. Muitas vezes, os cidadãos mais bondosos são aqueles que, mesmo que não possuam uma qualidade de vida ou condições financeiras ideais, estão sempre dispostos a ajudar. Isto é, a felicidade genuína apresenta-se quando fazemos algo significativo, seja para si ou para amparar outras pessoas.



Foi o que fez a auxiliar de serviços gerais Natália Bernardo, quando ocorreram as fortes chuvas em Petrópolis/RJ. Enquanto seus filhos eram assistidos pela LBV (Legião da Boa Vontade), ela sentiu vontade de contribuir para amenizar o sofrimento das vítimas e voluntariamente ajudou na montagem dos kits que foram entregues pela entidade. “Vi como se fosse minha família precisando, e meu coração chegou a doer, e isso me comoveu. Foi bom ver que a gente poderia ajudar de alguma forma e ser útil para essas famílias, foi muito gratificante”, explica.


Empatia, satisfação e gratidão são alguns dos sentimentos que vibram nos corações dos indivíduos a cada ato altruísta. “Abraçar a população foi um ato de servir, de transferir a gratidão a Deus por estar viva e não ter sido atingida pelas chuvas. Tenha amor ao próximo e empatia, faça sua parte”, afirma Rafaela de Souza, mãe atendida pela LBV que, mesmo desempregada, fez questão de colaborar atuando voluntariamente nas atividades da Instituição.


A propósito, todas as ações da LBV são firmadas no espírito de cooperação e pautam-se pelo sentimento espontâneo de Amor ao próximo. O trabalho socioassistencial em prol de pessoas e famílias em vulnerabilidade social só é possível graças à valorosa ajuda de doadores, parceiros e voluntários da Entidade. “Não pense duas vezes e faça o bem enquanto pode. Não importa como, não importa a cor, a raça, o gênero, ajude quem precisa com o que você puder doar”, comenta Natália.


SERVIÇO

Acesse o site www.lbv.org.br e faça parte desse time solidário. Acompanhe também todas as ações realizadas em prol das famílias acessando o perfil @LBVBrasil no Instagram e no Facebook.


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon