top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Deputada Professora Bebel participa das comemorações do Dia da Mulher com o presidente Lula


A deputada Professora Bebel, durante envento no Palácio do Planalto, ao lado de lideranças femininas - Imagem: Divulgação

A deputada estadual Professora Bebel (PT), que também é presidenta da Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paul), juntamente com mulheres líderes de movimentos populares e organizações femininas, ministras, secretárias, sindicalistas e personalidades, participou na quinta-feira (8), em Brasília (DF), no Palácio do Planalto, da celebração pelo Dia Internacional das Mulheres, marcado por anúncio de ações para garantir direitos das mulheres.


O evento teve a presença do presidente Lula, e da ex-presidenta Dilma Rousseff, e todas as 11 ministras de Estado estiveram presentes, além das presidentas dos bancos federais e autoridades do governo federal. A secretária para Assuntos da Mulher da Apeoesp, Suely Oliveira, também participou da solenidade.



Na solenidade, em que houve depoimentos importantes e emocionantes que contam a história de dificuldades, desafios e avanços da mulher, a ex-presidenta Dilma Roussef, recebeu “justíssima salva de palmas”. “Foi um momento importante de reafirmação de todos os compromissos e lutas das mulheres por igualdade e justiça”.

Durante o evento, sob o lema de respeito às mulheres, o presidente Lula anunciou uma série de medidas e programas, ressaltando-se o projeto de lei que garantirá igualdade salarial entre homens e mulheres na mesma função. Entre as medidas estão:


• Linhas de crédito do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e BNDES para empreendimentos liderados por mulheres.

• Investimentos no desenvolvimento agrário com as mulheres.

• Lei da igualdade salarial entre os gêneros, garantindo a obrigatoriedade do pagamento de salário igual para trabalho igual.

• Ratificação da Convenção 190 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), voltada à eliminação do assédio e violência no mundo do trabalho.

• Casas da Mulher Brasileira 24 horas para abrigar mulheres vítimas de violência 24 horas em todo o Brasil.

• Instituir o Dia Marielle Franco de Enfrentamento à Violência Política de Gênero e Raça.

• Promoção da igualdade de gênero e raça.

• Construção de creches para assegurar direitos das crianças e das mães trabalhadoras.

• Pacto Nacional de Enfrentamento ao Feminicídio.

• Política de bolsas e incentivo a meninas na área da ciência e tecnologia.

• Direito à maternidade no programa Bolsa Atleta.

• Criação da Política Nacional de Cuidados.

• Programa de prevenção e promoção saúde menstrual.

• Programa Mulher Viver sem Violência.

• Ratificação da Convenção 156 da OIT, que visa promover a Igualdade de Oportunidades e de Tratamento para Homens e Mulheres Trabalhadores: Trabalhadores com Encargos de Família.

• Alteração na lei de licitações para contratação de empresas que garantam em seus quadros percentual mínimo de mulheres vítimas de violência doméstica e para critério de desempate empresas que promovam políticas de proteção às mulheres. “Como várias oradoras e o presidente Lula disseram durante a ato, estão de volta as políticas públicas para as mulheres. E vamos seguir avançando”, disse Bebel.



Commentaires


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page