top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Deputada Bebel comemora manutenção da Secretaria das Pessoas com Deficiência no Estado


A deputada Bebel diz que a manutenção da secretaria é a certeza da continuidade das políticas públicas voltadas para as pessoas com deficiência - Imagem: Divulgação

A presidenta da Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), a deputada estadual Professora Bebel (PT), comemorou em suas redes sociais a manutenção da Secretaria Estadual das Pessoas com Deficiência, resultado de uma luta que travou junto com movimentos sociais. Assim que tomou conhecimento de que o novo governador pretendia extinguir a pasta, Bebel ingressou com representação junto ao Ministério Público Estadual e se reuniu com integrantes da equipe de transição para explicar a importância de São Paulo ter ações voltadas para melhorar a acessibilidade e inclusão desse público, onde novamente manifestou sua opinião contra a extinção de tão importante secretaria.



Para Bebel, a manutenção da secretaria é a certeza da continuidade das políticas públicas voltadas para as pessoas com deficiência. “Como deputada estadual, o meu papel é lutar pelos direitos das pessoas com deficiência. Não podemos aceitar nenhum tipo de retrocesso. Por isso, fui à luta e vou continuar atenta para garantir políticas públicas estaduais em prol das pessoas com deficiência”, conta.


A deputada diz que é uma ótima notícia a decisão do governador Tarcísio de Freitas de manter a Secretaria das Pessoas com Deficiência no Estado de São Paulo. A garantia dos direitos das pessoas com deficiência é preocupação constante da Professora Bebel. Nesse seu primeiro mandato na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) promoveu e participou de audiências voltadas a esses segmento que representa 24% da população brasileira.


Bebel lembra que estudo realizado em conjunto pelo Instituto dos Arquitetos do Brasil–SP e a Apeoesp, denominado Manual Técnico para Escolas Saudáveis, apontou medidas para a melhoria da acessibilidade nas escolas públicas. O estudo foi protocolado na Secretaria Estadual de Ensino e secretarias municipais de Educação. “Essas iniciativas deram certo. As pessoas com deficiência continuarão a ter um espaço institucional no Governo do Estado em defesa de seus direitos e interesses”, completa.


Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page