top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Crianças: especialista em sono alerta que falta de repouso pode gerar impactos na vida adulta


Especialista Danielle Cogo: “Sono é uma necessidade do organismo como outra qualquer" - Imagem: Divulgação

Nessa sexta-feira (17), comemorou-se o Dia Mundial do Sono. Danielle Cogo, especialista em sono e consultora da Philips Avent, destaca que dormir não é luxo e que a privação do sono pode gerar impactos na vida adulta. Ao anoitecer, as famílias começam a se organizar para seguir com as últimas tarefas do dia e, principalmente, se preparar para colocar as crianças para dormir. Sabemos que manter uma constância no horário do sono é importante para o desenvolvimento dos pequenos, mas quais são os verdadeiros benefícios que esse descanso proporciona?






A especialista listou os cinco principais benefícios do sono para as crianças, que são: Consolidação de memória e melhor aprendizado; Crescimento adequado; Habilidades motoras fortalecidas; Melhora na alimentação; Aumento da resistência à infecções. “Sono é uma necessidade do organismo como outra qualquer: comer, beber água, eliminações fisiológicas, entre outras. É um estado de comportamento do cérebro, em que cada pessoa possui o seu ritmo biológico e uma necessidade. O sono de uma pessoa não deve ser comparado com o de outra”, reforça a especialista.


De acordo com Danielle Cogo, uma boa noite de sono começa a ser construída a partir do momento em que levantamos da cama, por isso a rotina é fundamental. A especialista ressalta ainda que crianças que não dormem bem, têm diversos prejuízos, entre eles, irritabilidade, desânimo, baixa tolerância à frustração, falta de autocontrole, inclusive, dores de cabeça.


Para auxiliar as crianças a terem uma noite de sono de qualidade, a especialista orienta ainda a oferecer um ambiente adequado, organizar a rotina diária de acordo com a necessidade da criança e na dúvida de como fazer uma boa organização e não privar os pequenos do sono, procurar auxílio profissional.


“Sono tem características próprias, não existe uma quantidade ideal de horas de descanso igual para todos. É importante que os pais consigam identificar as necessidades de sono de seus filhos para organizarem uma rotina de acordo com o que eles realmente precisam”, esclarece Danielle.


A especialista aponta que não se deve ignorar a privação de sono dos pequenos: “Pode ser uma fase, que passa, mas as noites mal dormidas na infância não se recuperam e vão impactar inclusive na vida adulta da criança”.

  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page