top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Criança Não Trabalha: Prefeitura de Piracicaba (SP) lança campanha de combate ao trabalho infantil


Divulgação da campanha Criança Não Trabalha em áreas comerciais - Imagem: CCS

Visando o combate ao trabalho infantil, a Prefeitura de Piracicaba (SP), por meio da Smads - Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, em parceria com a Competi - Comissão Municipal de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Trabalho Adolescente Irregular, lança a campanha Criança Não Trabalha. A iniciativa promoverá ações durante o mês de junho, em referência ao Dia Mundial contra o Trabalho Infantil, instituído em 12 de junho.


As ações têm início no dia 1º/06, com a orientação sobre o trabalho infantil e divulgação de materiais à população realizada pelas equipes do Serviço Especializado em Abordagem Social e membros da Competi em vários pontos da cidade, incluindo comércios e bares da avenida Limeira, avenida Independência, Dr. Paulo de Moraes e Nossa Senhora do Carmo, calçadão da Rua do Porto, rua Luiz de Queiroz e varejão da Paulista.



No dia 02/06, das 8h às 12h, no anfiteatro da Secretaria Municipal de Educação, acontece o seminário Pós Medida Socioeducativa, com o tema A Articulação das Políticas Públicas no Atendimento aos Adolescentes e Jovens em Medida Socioeducativa. O evento contará com apresentação de dados sobre as medidas socioeducativas no município, de 2019 a 2022, palestras e exposição de painéis com trabalhos desenvolvidos por jovens atendidos pelo Seame/Pasca.


Como parte da programação, no dia 14, será apresentado para a rede socioassistencial, o Diagnóstico PETI 2023 e no dia 15, a mesma apresentação será feita a professores da rede municipal e estadual de ensino.


Nos dias 19, 20 e 22/06 também acontece a série de entrevistas na rádio Educativa FM sobre o impacto do trabalho infantil para a saúde da criança, diagnóstico do município, importância da campanha e inserção desse público na aprendizagem. Os entrevistados serão Marcos Hister, técnico do Cerest (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador), Fernando Camargo, cientista social da Smads, e Fábio Amaral Sanches, gerente administrativo do Instituto Formar.


O mês de junho será marcado, ainda, por atividades com crianças, adolescentes, jovens e idosos realizadas nas unidades do Cras - Centro de Referência de Assistência Social, CCInter - Centro de Convivência Intergeracional, entre outros.


A CAMPANHA

Todos os anos, campanhas de combate ao trabalho infantil são realizadas em todo o país, como parte do Peti - Programa de Erradicação do Trabalho Infantil. Em Piracicaba, neste ano, o município criou a sua própria campanha intitulada Criança Não Trabalha, com diversos materiais informativos, incluindo busdoor, já em circulação nas ruas da cidade, placas de rua, cartazes, folders, além da divulgação nas redes sociais da Prefeitura de Piracicaba e Smads Piracicaba.

  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page