top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Covid-19: Prefeitura de Piracicaba começa a imunizar com a bivalente pessoas com mais de 18 anos


Vacina bivalente está disponível para pessoas com mais de 18 anos - Imagem: Prefeitura de Piracicaba

Seguindo as orientações do Ministério da Saúde, a Prefeitura de Piracicaba, por meio da SMS - Secretaria Municipal de Saúde, ampliou para o público com mais de 18 anos a imunização contra a Covid-19 com a vacina Pfizer Bivalente a partir de hoje, 25/04. A vacinação acontece nas 68 unidades de saúde da cidade: CRABs e UBSs, das 8h às 15h (exceto CRAB Paulista), e PSFs, das 8h às 16h. Duas unidades - UBSs Caxambu e Centro – vão ampliar o horário de atendimento para imunizar a população até as 20h, a partir desta terça (25) até sexta-feira (28). A vacinação é por demanda espontânea, ou seja, não precisa de agendamento.





Para receber o reforço da Pfizer Bivalente o cidadão precisa ter, pelo menos, o esquema vacinal primário completo (1ª e 2ª doses) e um intervalo mínimo de quatro meses da última dose recebida. A SMS lembra que, ainda neste horário estendido, também estará disponível a dose de reforço da Pfizer Pediátrica para as crianças e adolescentes de 5 a 11 anos (que tenham recebido a 2°dose do esquema primário há, pelo menos, 4 meses).


Para o público não contemplado com a vacina Bivalente e que ainda precisa receber alguma dose da vacina contra Covid-19 para completar o esquema primário ou receber doses de reforço, o agendamento segue pelo site vacinapira.piracicaba.sp.gov.br.


É importante lembrar que, para se vacinar, é necessário apresentar documento de identificação com foto, CPF, comprovante de vacinação com a última dose.


GRIPE

A SMS lembra que também está disponível a imunização contra gripe/influenza em todos os postos para os grupos prioritários, conforme orientação do Ministério da Saúde. Podem receber a vacina crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias); Trabalhador da Saúde dos serviços públicos e privados; gestantes em qualquer idade gestacional; puérperas: todas as mulheres no período até 45 dias após o parto; professores do ensino básico a superior e funcionários das escolas; idosos com 60 anos ou mais; profissionais das forças de segurança e salvamento; Profissionais das Forças Armadas; pessoas com deficiência permanente; caminhoneiros; pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.


DUAS DOSES

Conforme explica o secretário de Saúde, Filemon Silvano, o Ministério da Saúde publicou recentemente estudo da CTAI - Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização concluindo que não há nenhum risco em tomar as vacinas contra a gripe e a Covid-19 ao mesmo tempo. “As duas vacinas podem ser aplicadas juntas. Pessoas com doenças febris agudas, moderadas e casos confirmados de Covid-19 devem ter a vacinação adiada até o desaparecimento dos sintomas, para receber a vacina contra gripe. No caso da vacina contra Covid, a orientação é que aguarde um intervalo de 30 dias para ser vacinado”, orienta.


As duas doenças, a gripe e a Covid-19, são SRAG - Síndromes Respiratórias Agudas Graves virais e afetam o sistema respiratório. Nesta época do ano, os casos aumentam consideravelmente e preocupam gestores da saúde pública pela demanda em unidades de pronto atendimento e hospitais. “A vacina é o fator maior de proteção disponível atualmente, que ajuda a evitar o agravamento dessas doenças. As campanhas e a adesão da população são fundamentais para um cenário epidemiológico favorável”, destaca Silvano.

Comentários


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page