• O Canal da Lili

Covid-19: vacinação no Ginásio Municipal de Piracicaba (SP) se encerrou nesta quinta (23)


Palco da vacinação contra Covid-19 em Piracicaba, aplicação no Ginásio Municipal de Esportes se encerrou na quinta-feira (23) - Imagem: Rosa Cardoso/CCS

Com mais de 757 mil doses aplicadas, Piracicaba (SP) tem 82,4% da população com a vacinação completa contra Covid-19. A maioria dessas doses foi aplicada em um local que virou sinônimo de vacinação em Piracicaba: o Ginásio Municipal Waldemar Blatkaukas, onde a vacinação contra Covid-19 esteve centralizada desde 1º de maio deste ano, período que se encerrou na quinta-feira (23). Do idoso ao adolescente, o Ginásio Municipal foi palco da esperança por dias melhores que a vacinação trouxe para os piracicabanos e, por meio do VacinaPira, teve mais de 449 mil vagas disponibilizadas para aplicação da vacina.


Para marcar o fim de um ciclo importante na vacinação contra Covid-19, o prefeito Luciano Almeida, o secretário municipal de Saúde, Filemon Silvano, e o coordenador de Vigilância em Saúde, Moisés Taglietta, participaram de encontro simbólico no Ginásio de Esportes, quando agradeceram a dedicação e o empenho de cada profissional que atuou na aplicação da vacina no local. Também fizeram a entrega de um certificado a cada um. Aproximadamente 85 profissionais atuaram na vacinação no local, entre funcionários da Secretaria Muncipal da Saúde e contratados pelo Grupo +Unidos, pelo projeto #AceleraVacina, em parceria com a Fundação Caterpillar.


O prefeito Luciano Almeida sintetizou o momento como um misto de alegria e tristeza. Alegria pelo avanço na vacinação contra Covid-19. Tristeza pela chegada ao fim, mas por um bom motivo, da aplicação da vacina no Ginásio Municipal, que definiu como “um dos projetos mais bonitos que Piracicaba já teve”. “Foram muitas pessoas envolvidas, que se doaram e acreditaram que somente juntos iríamos vencer esse capítulo da história. É importante lembrar que a vacinação continua nas unidades de saúde e o agendamento pelo VacinaPira também. Meu agradecimento a todos envolvidos, às equipes, às empresas e, principalmente, a quem se vacinou”, afirma.


Enfermeira Melissa Ercolin dos Santos atuou no Ginásio desde o primeiro dia de funcionamento - Imagem: Justino Lucente/CCS

Filemon Silvano, por sua vez, agradeceu a atuação dos profissionais da saúde que trabalharam no Ginásio Municipal, enfatizando que fizeram a diferença na luta contra a Covid-19. “Esses profissionais foram primordiais. A dedicação, empenho e abdicação dos familiares para vir trabalhar em uma pandemia fizeram a diferença, pois saímos na frente. Estamos muito bem com a imunização, o nosso índice de letalidade é um menores do Estado por termos vacinado tantas pessoas. Esses profissionais têm a nossa eterna gratidão e a população também deve agradecer e reconhecer muito a eles. Perdemos muitas pessoas, infelizmente. Mas muitas também foram salvas graças à vacinação”, agradece.


Taglietta lembra que a aplicação no Ginásio Municipal foi o grande impulso da vacinação em Piracicaba, uma vez que foi possível organizar a logística das doses, evitando o desperdício, treinando mais rápido os profissionais atuando em conjunto e com 10 a 12 equipes trabalhando ao mesmo tempo, significando 10 a 12 unidades de saúde vacinando em conjunto, por exemplo, em um mesmo espaço.


“Nossa velocidade foi muito grande e conseguimos atingir nosso objetivo muito rápido, com mais de 82% da população com a vacinação completa. Estamos com quase 10 pontos percentuais à frente do Estado. Agora com a diminuição do volume de pessoas, é hora de fazer com que essa vacina se instale na rotina das unidades de saúde porque, muito provavelmente, será uma vacina de rotina, como todas as outras”, explica Taglietta.


AGENDAMENTO

A vacinação contra Covid-19 no município continuará a ser realizada por meio de agendamento no site VacinaPira, com aplicação nas unidades de saúde. Ao agendar a aplicação da sua dose, a pessoa já recebe o local de vacinação.


A aplicação da 3ª dose (dose adicional) para profissionais da saúde e da segurança pública, que até no dia 23/12 ocorreu no Ginásio Municipal, passará a ser realizada também em unidades de saúde, por meio de agendamento. Os profissionais da saúde conseguirão fazer esse agendamento já na próxima semana. Já os profissionais da segurança pública, uma vez que foram vacinados com a 1ª e 2ª doses no Batalhão da Polícia Militar, ou seja, sem agendamento pelo VacianPira, deverão a partir da próxima semana, procurar uma unidade de saúde para realizar o cadastro dos dados das 1ª e 2ª doses no sistema de agendamento municipal.


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon