top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Conespi analisa transição do governo Lula e aposta no fortalecimento do Ministério do Trabalho


Dirigentes da executiva do Instituto Conespi durante reunião que discutiu o futuro do Ministério do Trabalho e sua importância para os trabalhadores - Imagem: Divulgação

A diretoria executiva do Instituto Conespi (Conselho das Entidades Sindicais de Piracicaba) começou a analisar, na última quinta-feira (15), o relatório do grupo de transição do governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, principalmente no que se refere aos trabalhadores e é unanimidade entre os dirigentes que haverá o fortalecimento do Ministério do Trabalho e Emprego, como instrumento de defesa dos trabalhadores. O trabalho, coordenado pelo presidente do Instituto Conespi, Wagner da Silveira, o Juca dos Metalúrgicos, foi realizado na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Piracicaba (SP), e o objetivo é iniciar um trabalho na cidade para estreitar ainda mais a relação com o futuro governo.




O Instituto Conespi recebeu com muita satisfação a decisão do presidente eleito Lula de escolher o deputado federal eleito Luiz Marinho para ser o futuro ministro da pasta do Trabalho. O Ministério do Trabalho foi extinto por Jair Bolsonaro (PL) no primeiro ato de seu governo, em 2019. Em 2021, a pasta foi recriada para acomodar Onyx Lorenzoni (PL-RS). “A volta do ministério do Trabalho é uma reivindicação das centrais sindicais, conforme documento unitário da Conclat (Conferência da Classe Trabalhadora) 2022, e certamente, em muito irá contribuir para fortalecer a luta dos trabalhadores”, destaca Juca.


Uma das preocupações dos dirigentes sindicais é com a situação caótica da Nação, deixada pelo atual governo de Jair Bolsonaro, o que foi reforçado pelo presidente diplomado, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em mensagem publicada nesta semana, quando reafirmou que o Brasil foi "destruído" e prometeu investimentos para recuperar o País. "Destruíram muita coisa, mas eu sei que vamos consertar o Brasil. Essa foi a missão que assumimos. Vamos investir na educação, no SUS, retomar o Minha Casa Minha Vida. Coisas realmente importantes para o povo. Vamos construir o Brasil do futuro. Bom dia!", publicou.


Todo esse entusiasmo do presidente Lula, de acordo com análise dos dirigentes sindicais do Instituto Conespi, certamente irá contagiar a sociedade brasileira, principalmente os trabalhadores que têm muita expectativa com o novo governo, principalmente quanto a retomada do desenvolvimento, para geração de mais oportunidades de trabalho e de ampliação da renda. “Haverá muito trabalho, mas diferente do atual, o novo governo dá demonstração clara, já nessa transição, que quer colocar os trabalhadores de menor poder aquisitivo no orçamento do país e o Brasil voltar a ser o centro das atenções mundiais, retomando novos investimentos internacionais e passando novamente a ser protagonista nas principais decisões mundiais”, completa o presidente do Instituto Conespi.



Opmerkingen


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page