top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Ciça Moreira lança versão de "Camila, Camila" como combate à violência contra as mulheres


“Camila, Camila” está disponível em todas as plataformas de música - Imagem: Divulgação

À medida que nos aproximamos do Dia Internacional da Mulher - comemorado em 8 de março -, é importante lembrar e celebrar as conquistas das mulheres, mas também é o momento de conscientizar sobre os problemas que elas enfrentam. Foi pensando assim que a cantora e compositora Ciça Moreira, de apenas 16 anos, decidiu lançar nesta sexta-feira (24), uma versão de "Camila, Camila”, o clássico mais executado nas rádios nos anos 1988/1989, lançado pela banda Nenhum de Nós. Com o lançamento, a artista espera aumentar a conscientização das pessoas e dar a oportunidade para conversas importantes sobre esse problema generalizado que afeta milhões de mulheres em todo o mundo.


Para Ciça, ainda hoje existem muitas “Camilas” por aí e a violência doméstica é um problema sério, que aumentou com a pandemia da Covid-19. "Muitas mulheres foram forçadas a ficar em casa com seus agressores, tornando ainda mais difícil escapar ou procurar ajuda", destaca a cantora.




“Camila, Camila” é uma forte crítica social contra os maus tratos sofrido por mulheres, é um grito sobre violência doméstica. Com essa música, Ciça espera oferecer uma mensagem de esperança e empoderamento às mulheres que sofrem de violência doméstica. "Quero que saibam que não estão sozinhas e que busquem ajuda quando necessário. Também espero inspirar outras pessoas a agir para acabar com a violência doméstica contra as mulheres. Isso inclui educar a nós mesmos e aos outros sobre o assunto. Devemos trabalhar juntos para promover os direitos e o bem-estar das mulheres e criar um mundo onde todas sejam livres de violência e discriminação", analisa.


Ciça ressalta que, ao celebrar o Dia Internacional da Mulher, é importante se lembrar de que todas as pessoas na sociedade têm um papel a desempenhar para acabar com a violência doméstica contra as mulheres. "Minha esperança é que 'Camila, Camila' seja uma pequena parte desse esforço, inspirando mudanças, ajudando a aumentar a conscientização e oferecendo conforto e apoio àqueles que foram afetados por esse problema. Vamos nos unir para criar um mundo mais seguro", afirma.


“Camila, Camila” está disponível em todas as plataformas de música, com video clipe previsto para o dia 8 de março, no canal do YouTube Ciça Moreira. "Venha se juntar a mim na luta contra a violência doméstica", convida Ciça..

  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page