top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Candidatos de Piracicaba: ex-secretária Rô Camolese concorre a uma cadeira na Câmara Federal


Rô Camolese é candidata a deputada federal - Imagem: Divulgação

*Texto: Eliana Teixeira

Ex-secretária de Cultura e Turismo de Piracicaba (SP), engenheira civil, musicista, professora e mantenedora de uma escola fundada por ela há quase 25 anos, nestas eleições, Rô Camolese é candidata a deputada federal. A piracicabana tem 61 anos e é casada há 34 anos com Edgard Camolese, com quem tem duas filhas e um netinho de 2 anos. Ela é formada em música, Engenharia Civil e em Educação Artística, com mestrado em Gestão Escolar. Confira a entrevista:


O que te fez escolher a música e a educação como caminho profissional?

O piano foi uma das primeiras paixões da minha vida, ao lado de Piracicaba, terra querida onde nasci há 61 anos. Assim como o piano e a minha cidade, a educação faz meu coração pulsar mais forte. Iniciei minha vida profissional como professora de piano, ainda muito jovem, dando aulas em casa e no Conservatório Musical que havia na cidade. Atuei como engenheira civil por vários anos e, paralelamente, como professora em escolas públicas e particulares nas áreas de artes, música e matemática. Há quase 25 anos, realizei o sonho de fundar minha própria escola, o Instituto Atlântico de Ensino, que oferece do ensino infantil ao ensino médio. A educação sempre foi uma das minhas grandes paixões.



E o que te motivou a entrar ou permanecer na vida pública?

Sempre procurei participar de Conselhos e Entidades como membro porque sinto que posso dar uma boa contribuição à sociedade e sua evolução e desenvolvimento. Meu pai sempre foi uma grande inspiração para mim. Aprendi com ele a importância de servirmos ao próximo, de entregarmos à sociedade o que temos de melhor em nós, com o propósito de edificá-la, aprimorá-la e desenvolvê-la. Vi que por meio da política essa “entrega” teria maior amplitude porque nela encontramos ferramentas que nos permitem chegar a todas as camadas sociais.


Como tem sido sua trajetória na vida pública?

Fazer politica, para mim, é tão natural quanto estar em casa. Fui secretária municipal da Ação Cultural e de Turismo por 16 anos consecutivos e, ao olhar para tudo o que implementei com o apoio da minha equipe, sinto uma satisfação imensa: fizemos centros culturais em bairros periféricos, construímos o Teatro Erotides de Campos no Engenho Central, criamos a Cedan (Companhia Estável de Dança), reativamos a centenária Orquestra Sinfônica de Piracicaba, reformamos armazéns do Engenho Central, enfim, a lista é extensa. Tenho muito orgulho por ter presidido a fantástica Orquestra Sinfônica de Piracicaba, conjunto centenário por quem lutamos pelka reativação. Fui eleita vereadora em 2008, depois de cumprir os primeiros quatro anos como secretária municipal de Ação Cultural, cargo que exerci por 16 anos consecutivos. Nos últimos quatro anos como secretária municipal, acumulei a pasta do Turismo, o que me rendeu uma grande experiência no setor, desenvolvendo projetos e programas em diferentes vertentes. Na condição de secretária municipal da Ação Cultural e de Turismo, tive a oportunidade de entregar à cidade obras, projetos e programas emblemáticos. Sinto orgulho e alegria quando penso que tive a chance de restaurar os majestosos armazéns do Engenho Central. É também no Engenho Central, orgulho de Piracicaba, que está o nosso Teatro Erotides de Campos, uma de nossas princiupais realizaões. A Biblioteca Municipal Ricardo ferraz de Arruda é outro grande feito, já que Piracicaba não tinha um prédio próprio à altura da biblioteca da cidade. Outra grande alegria é ver os cinco centros culturais implantados por nós em diferentes regiões periféricas de Piracicaba, porporcionado cultura, lazer,arte e entretenimento à população. A Criação da Companhia Estável de Dança, a Cedan, dos festivais de teatro, de canto coral e de música erudita elevaram ainda mais o patamar da cidade no quesito cultura. Quando penso no Festival Paulista de Circo e na Virada Cultural Paulista que trouxemos para Piracicaba porvários anos, sinto-megrata e realziada por poder proporcionar isso à minha cidade. Terra de grandes talentos das artes plásticas, Piracicaba teve incrementados seus tradicionais salões de Belas Artes, Arte Contemporânea e Internacional de Humor, além da criação do Salão de Aquarelas. Eu vibro com essas conquistas!


Quais são suas principais pautas como candidata?

Sou inquieta, curiosa, atenta a tudo que acontece a minha volta. Adoro desafios. Isso diz muito sobre meu temperamento e minha forma de viver a vida. A despeito da descrença dos brasileiros em relação à política e aos próprios políticos, eu escolhi insistir e permanecer por acreditar na força daqueles que são bons e querem contribuir com a sociedade por meio de um mandato. Principalmente nós mulheres precisamos de uma vez por todas conquistar o espaço que é nosso por direito! Somos mais da metade da população com uma representatividade baixíssima em todas as esferas do poder. Ninguém disse que essa luta seria fácil! Eu estou pronta para encarar qualquer desafio! A tônica do meu mandato como deputada federal será, sem dúvida, a garantia e a ampliação dos direitos da mulher. Há muito ainda por ser feito em relação à proteção da mulher contra a violência, ao amparo materno, ao acesso à saúde e à educação, ao estímulo ao empreendedorismo e à ampliação da participação da mulher na vida pública. Temos que ocupar esses espaços! A educação e a cultura são áreas pelas quais trabalho há décadas! Estão na minha lista de prioridades, assim como atender de forma incansável a toda a Região Metropolitana de Piracicaba em suas necessidades, visando ao fortalecimento da nossa economia, à geração de emprego e renda, ao fomento da ciência e da inovação, bem com o aprimoramento da nossa infraestrutura para atração de investimentos.









Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page