• O Canal da Lili

Black Friday: especialista dá dicas para o consumidor aproveitar a data com segurança


A dica é fazer uma extensa pesquisa em diversos sites - Imagem: Freepik

Um evento que já está consolidado no calendário anual do consumidor, a Black Friday, que este ano acontece dia 26 de novembro, é aguardada com muita expectativa pelo consumidor. Já para o comerciante, no entanto, apesar das previsões serem positivas em relação às vendas de forma geral, não será fácil aplicar grandes descontos, visto que a inflação e o dólar em alta, somados à pandemia ainda em vigor, assombram as margens de lucro. É o que explica Valéria Guerra, docente do curso de pós-graduação da Universidade Anhembi Morumbi, especialista em comércio eletrônico.


Para ela, o consumidor pode esperar boas ofertas em livros, e-books, itens que costumam valer muito a pena nesta época do ano. Assim como roupas, acessórios, calçados e eletrônicos. "Não espere grandes descontos em eletrodomésticos, principalmente na linha branca", enfatiza.


A crise econômica acende um alerta para o consumidor também durante a Black Friday. É preciso atentar-se aos valores reais dos produtos para não cair em ciladas na hora das compras on-line. A dica é fazer uma extensa pesquisa em diversos sites, comparando preços e condições de pagamento. "Pesquise com antecedência e faça prints das promoções para comparar depois, evitando cair naquelas ofertas ‘tudo pela metade do dobro do preço’.


Check list

Abaixo, a especialista preparou um check list para você realizar antes de suas compras on-line e aproveitar a Black Friday sem transtornos posteriores:


• Em primeiro lugar, lembre-se de atualizar o antivírus do seu computador ou celular.


• Verifique certificados de segurança das plataformas. Sites seguros normalmente começam com Https. Este "s" indica que a sua conexão com o site é feita de forma segura e seus dados não serão roubados.


• Cuidado com links encurtados: eles costumam aparecer no WhatsApp, Facebook e em e-mails. Acesse diretamente o site oficial pelo navegador.


• Não use redes Wifi públicas, como as que existem em aeroportos, shoppings, bares e restaurantes.


• Cheque as informações da loja, como Razão Social, CNPJ, endereço e telefone.


• Antes de comprar, visite sites como Procon e Reclame Aqui para verificar as referências das lojas: cheque se existem ou não reclamações sobre os produtos, condições de pagamento, promessas mágicas, entregas etc.


• Observe se o produto desejado ainda está em linha. Isto vale para computadores, celulares, roteadores e objetos de maior valor.


• Para produtos perecíveis, verifique a data de validade.


• Atenção redobrada para produtos seminovos: verifique garantias e especificações técnicas.


• Desconfie se o mesmo produto está sendo vendido por um preço muito superior nos demais comércios eletrônicos.


• Verifique se o valor do frete não está embutido no valor do produto e preste atenção se o frete não é maior do que o valor do produto.


• Por fim, não caia na tentação da compra por impulso. Pense sempre na finalidade que você dará ao objeto e se realmente precisa dele. Isto é sustentabilidade!



  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon