top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Bebel reivindica ao governo estadual funcionamento noturno de serviços de Verificação de Óbitos


Bebel diz que é fundamental que esse serviço funcione à noite e que para isso é necessário que o governo estadual contrate funcionários e médico legista - Foto: Divulgação

A deputada estadual piracicabana Professora Bebel (PT) está reivindicando do governo estadual o funcionamento no período noturno do SVO - Serviços de Verificação de Óbitos, que atualmente só funciona durante o dia. O pedido está sendo feito em ofício endereçado à Secretaria Estadual de Segurança Pública, aonde a deputada destaca que para o funcionamento noturno há necessidade da contratação de médico legista e funcionários.


A deputada Bebel conta que decidiu apelar para que o governo estadual estenda este serviço à noite, em função de que atualmente a pessoa que vem a óbito, vítima de violência, a partir das 17 horas só terá seu corpo liberado no dia subsequente, a partir da 8 horas. “Tudo isso gera uma dor inestimável face a perda do ente querido aos familiares ao ter que aguardar todo este tempo sem que se tenha uma resposta da autoridade competente que realiza esse trabalho”, destaca.



Bebel explica que os serviços de Verificação de Óbitos são de extrema importância para os municípios porque são responsáveis por determinar causas de mortes para fins estatísticos e não simplesmente as ignorar. “Este órgão também tem importância social, já que fiscaliza embalsamentos para transporte aéreo nacional e internacional, fiscaliza o transporte de cadáveres vitimados por doenças infectocontagiosas, contribuindo para o controle sanitário necessário para prevenir a proliferação destas doenças”, ressalta a Professora Bebel.


No documento, a deputada piracicabana destaca ainda que a cidade é sede da Região Metropolitana, que conta com uma população e aproximadamente 1,5 milhões de habitantes, sendo que a maior parte dos municípios que a compõem depende do SVO de Piracicaba. “Portanto, garantir o funcionamento deste serviço também no período noturno é necessário e fundamental, e o custo para o Estado é mínimo, uma vez que depende unicamente da contratação de funcionários, que não são muitos, e de médico legista”, enfatiza.


Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page