top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

AVC: especialista alerta sobre os sintomas de risco e como fazer uma boa higiene bucal


Especialista orienta que para uma boa saúde bucal é necessário escovar os dentes duas a três vezes ao dia - Imagem: Divulgação

Recentemente vem repercutindo nas mídias o risco de AVC - Acidente Vascular Cerebral relacionado a não escovar os dentes. E de acordo com pesquisadores da Universidade de Tampere, na Finlândia, a má higiene bucal pode sim levar ao diagnóstico. Segundo a coordenadora do curso de Odontologia da Faculdade Anhanguera, Cristiana Bertozzo, a principal ligação entre não escovar os dentes e acidente vascular cerebral é a inflamação. “A falta de higiene pode resultar em uma abundância de bactérias associadas à doença gengival, resultando em uma infecção, que se entrar na corrente sanguínea pode coagular o sangue e fica mais propenso a um AVC. Embora ainda não esteja 100% comprovada se a inflamação da doença gengival resulta em inflamação vascular (relacionada a doenças cardíacas e derrames), ou o contrário, os estudos são claros que há uma ligação”, afirma.



Cristiana Bertozzo ressalta que há sinais que podem indicar a necessidade de procurar um dentista ou profissional de saúde em relação à saúde bucal e o risco de AVC. “Na odontologia, uma das queixas é dormência do rosto, sensação de parestesia, além da dificuldade de engolir, de caminhar e se comunicar”, detalha.

Além dos sintomas relacionados a higiene dentaria, outros fatores de risco para o AVC é hipertensão, diabetes tipo 2, colesterol alto, sobrepeso, obesidade, tabagismo, uso excessivo de álcool, idade avançada, sedentarismo, uso de drogas ilícitas e histórico familiar. “Importante destacar que a saúde bucal se relaciona a esses fatores quando o processo inflamatório dos tecidos bucais estão constantemente presentes no indivíduo e acabam sendo negligenciados por não causarem sintomatologia aguda”, salienta a professora de Odontologia.

Cristiana orienta que para uma boa saúde bucal é necessário escovar os dentes duas a três vezes ao dia, usar fio dental e enxaguante bucal diariamente, mascar chiclete sem açúcar entre as refeições quando a escovação não for uma opção e consultar um dentista pelo menos duas vezes por ano para check-ups regulares.

“Muitas doenças começam pela boca, por tanto, uma boa higiene bucal pode prevenir algumas doenças com prognóstico comprometedor como a leucemia, diabetes, endocardites, doenças autoimune, anemia e outras. Já a doença periodontal e gengivite ocorrem pela má higiene oral e causam sangramento gengival, e estão relacionados às doenças sistêmicas, como diabetes. Além disso, doenças cardiovasculares, como ateroesclerose e endocardite bacteriana, estão relacionadas às periodontites”, explica Cristiana.


Por fim, a coordenadora do curso de odontologia da Faculdade Anhanguera, dá mais algumas dicas para quando a pessoa está cansada ou incapaz de escovar os dentes antes de dormir: Mantenha visitas regulares ao seu cirurgião-dentista, idealmente a cada 6 meses; Procure realizar a higiene oral no mínimo três vezes ao dia; Evite hábitos deletérios, como, por exemplo, o consumo de bebidas alcoólicas e cigarros; Realize a higiene oral diária de forma adequada utilizando escovas dentárias macias, creme dental com flúor e fio dental; Solicite ao seu dentista as orientações corretas para a realização da escovação dentária e quais os produtos mais indicados para o seu caso; Evite o excesso de alimentos açucarados; Troque sua escova dentária a cada três meses para garantir a sua eficiência (é importante também trocar a sua escova após episódios de gripe, resfriados ou dor de garganta, pois os vírus e bactérias podem se alojar em suas cerdas).


CURSO DE ODONTOLOGIA

O curso de Odontologia da Faculdade Anhanguera Campinas Taquaral foi contemplado com nota máxima (5) na avaliação do MEC - Ministério da Educação, reforçando a qualidade e excelência da instituição na formação completa dos alunos.


Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page