top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Aumento de peso: especialista orienta como controlar e adquirir hábitos mais saudáveis na menopausa


A a prática de exercícios ameniza os sintomas da menopausa - Imagem: Ilustrativa/Freepik

A menopausa é o período de vida da mulher na qual o seu corpo passa por mudanças hormonais intensas e com muitos sintomas nada simpáticos. Um deles é o aumento de peso e a consequente perda do tônus muscular. Esses sintomas, associados a outros como perda de libido e calor excessivo, por exemplo, podem e devem ser amenizados com um estilo de vida mais saudável, incluindo a prática de exercícios e uma alimentação balanceada.

A Plenapausa, femtech que leva informação, cuidado e tratamento para mulheres que estão passando pela menopausa, reforça que as mudanças no corpo feminino durante o climatério são muitas. Antes mesmo de entrar na menopausa de fato, as mulheres começam a observar alterações físicas e emocionais causadas pela oscilação hormonal.



Segundo a fundadora e CEO da Plenapausa, Márcia Cunha, dentre esses sintomas indesejados está o ganho de peso e a má distribuição da gordura corporal. “Estudos e pesquisas como do International Journal of Obesity, mostram que o ganho de peso na menopausa está diretamente ligado às quedas de estrogênio e à redução no gasto de energia, o que não significa que o consumo de calorias aumentou e, sim, que o que metabolismo está mais lento, ou seja, queimando menos calorias”, explica.


Um estudo do Journal of Aging and Physical aponta que as mulheres adeptas da reposição hormonal têm um gasto energético maior. Por sua vez, o Departamento de Endocrinologia da Universidade de Aarhus, na Dinamarca, revela, após acompanhamento de cinco anos com grupos de mulheres na menopausa, que aquelas que não fizeram reposição hormonal aumentaram em 2,4 vezes a gordura corporal.

Como controlar o ganho de peso na menopausa

Além da reposição hormonal, outros fatores que podem ajudar e muito nesse controle e amenizar os sintomas são a prática regular de atividades físicas combinada como uma alimentação natural e saudável. A Plenapausa disponibiliza por meio do seu aplicativo, em parceria com a LinkFit, trilhas de atividades físicas, que são sugeridas às usuárias com base nos sintomas indicados por elas ao se cadastrarem e responderem perguntas de avaliação do dispositivo. Além disso, a femtech também recomenda o uso do suplemento PlenaAtive, que ativa a energia e disposição durante a menopausa, ajudando a mulher na sua rotina de treinos.


A nutricionista da Plenapausa, Vanessa Fernandes Raio, afirma que uma alimentação equilibrada que priorize alimentos mais saudáveis, como a dieta low carb, junto com a prática de exercícios são ótimas formas da mulher na menopausa combater a oscilação de peso. “Importante priorizar alimentos naturais e orgânicos, os grupos ricos em proteína, evitar carboidratos, ficar atenta aos níveis de ferro e vitamina D, evitar alimentos calóricos e beber muita água. Com esses cuidados, a mulher terá resultados positivos e satisfatórios”, explica.


Todavia, é importante ressaltar que a TRH - Terapia de Reposição Hormonal, assim como o uso de suplementos, devem ser usados como método para emagrecer. As mulheres que estão passando pela menopausa devem buscar acompanhamento médico e profissional, incluindo na sua rotina atividades físicas e uma alimentação balanceada orientada.

Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page