top of page
  • Foto do escritorO Canal da Lili

Atendimento ao público: Assupira oferece curso de Libras para colaboradores do Shopping Piracicaba


representantes da Assupira e do Shopping Piracicaba entregaram os certificados aos participantes - Foto: Divulgação

A fim de melhor receber pessoas surdas ou com deficiência auditiva, o Shopping Piracicaba promoveu uma parceria com a Assupira - Associação de Surdos - Libras Piracicaba para a realização de um curso de Libras - Língua Brasileira de Sinais de 20 encontros com duração de 30 horas. Participaram da iniciativa 31 colaboradores da área de atendimento ao público da unidade: SAC - Serviço de Atendimento ao Consumidor, Espaço Família e Segurança. Nesta semana, todos receberam o certificado de conclusão referente à sua participação no curso.





Conforme explicou Beatriz dos Reis Turetta, primeira secretária da Diretoria Executiva da Assupira, durante a programação os participantes tiveram contato com vários surdos da comunidade, além de quatro instrutoras de Libras: Giselle Lorena Milhomem, Patrícia Matos Leme, Rebeca Maniezzo e Talita Barreto de Castro. Os objetivos do curso foram: ressignificar a deficiência auditiva e a surdez; reconhecer a Libras como língua de constituição da comunidade surda e como principal língua de acesso das pessoas surdas às informações; compreender e expressar enunciados simples em situações cotidiana, bem como entender e expressar enunciados simples em situações de compra e venda.


“No curso oferecido ao Shopping Piracicaba, grande parte da turma trabalha no SAC, no Espaço Família e Segurança. Esses alunos tiveram a chance de participar de um curso pensado exclusivamente para eles, levando em conta as necessidades de comunicação que surgem ao exercer sua função de trabalho no shopping. Cabe destacar que foi uma turma muito especial e que os mesmos já estão aptos a realizar alguns atendimentos básicos”, informa Beatriz.


De acordo com a representante da Assupira, os cursos da entidade são oferecidos por vários instrutores de Libras, sempre surdos. “Durante os encontros são oferecidas aulas teóricas, aulas práticas e atividades de imersão na comunidade surda. Essas atividades de imersão permitem que os cursistas tenham contato com pessoas surdas de diferentes perfis, idades e fluência na língua. Estar imerso em um ambiente linguístico de circulação da língua é essencial para que o aprendizado seja mais significativo”, explica.


A gerente de marketing do Shopping Piracicaba, Andreia Vidal, pontuou que o curso de Libras faz parte das ações de inclusão social desenvolvidas pelo centro comercial. “Felizmente, cada dia mais estamos vendo aumentar o número de pessoas surdas acessando o Shopping Piracicaba, para comprar, se divertir e passear. Por isso, é imprescindível pensarmos no tema da acessibilidade dentro das nossas atividades de capacitação da equipe. Um atendimento respeitoso e compatível com as necessidades da comunidade surda ou com deficiência auditiva é primordial”, afirma.


A parceria entre a Assupira e o Shopping Piracicaba começou há 5 anos, com a realização do 1° Encontro de Surdos de Piracicaba, em março de 2019. Já no ano passado, a unidade sediou o encontro de aniversário da associação, com mais de 180 pessoas de 17 municípios diferentes (Piracicaba, Rio Claro, Americana, Santa Bárbara D'Oeste, São Carlos, Cordeirópolis, Leme, Itirapina, Campinas, Diadema, Rio das Pedras, Paulínia, Nova Odessa, Limeira, Capivari, Sorocaba e São Pedro). “O Shopping Piracicaba tem sido um espaço de acolhida muito especial para a comunidade e certamente o curso oferecido aos funcionários ampliou significativamente as possibilidades de acolhimento da pessoa surda”, destaca Beatriz.


A Assupira tem por finalidade aglutinar forças e representar as aspirações das pessoas surdas, com deficiência auditiva e/ou surdocegueira e seus familiares com o objetivo de promover ações de prevenção, orientação, habilitação e reabilitação dessas pessoas e seu entorno. Cerca de 50 profissionais, de diversas áreas, integram a associação de maneira voluntária.


Segundo Beatriz, o diferencial dos cursos da entidade está na possibilidade de imersão na comunidade surda. “Sempre digo que para aprender inglês o ideal é fazer um intercâmbio para ficar um tempo num país que fale inglês, como os Estados Unidos. Ao fazer o curso de Libras conosco, as pessoas têm essa possibilidade de imersão na comunidade, o que acarreta maior desenvolvimento linguístico dos mesmos”, ressalta.


Feedback das Instrutoras

Segundo a instrutora Giselle Lorena Milhomem, os alunos foram muito bem nas aulas. “Eles demonstraram interesse e respeito com a comunidade surda”, diz. Ela deseja que os alunos não desistam do aprendizado e que continuem firmes no objetivo de atender a comunidade da melhor forma possível. Já para a instrutora Patrícia Matos Leme, foi uma alegria ver o desenvolvimento de cada um dos alunos, como cresceram em termos linguísticos. A professora parabenizou o esforço de todos e destacou a importância de continuarem estudando.


Rebeca Maniezzo lembrou que, “nesse momento a turma recebe seu primeiro certificado, mas o aprendizado da Libras está só no início, é importante que todos continuem se dedicando ao estudo para que alcancem mais fluência”. A instrutora ainda parabenizou a todos. Do mesmo modo, Talita Barreto de Castro pontuou que a turma foi muito especial, que todos os alunos se esforçaram muito para aprender, merecendo o reconhecimento.

Comments


  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon
bottom of page