• O Canal da Lili

Arrastões de combate à dengue passarão por 150 bairros de Piracicaba (SP)


Arrastão da Dengue espera recolher até 200 toneladas de inservíveis em 2022 - Imagem: Arquivo/PMCA

A Prefeitura de Piracicaba (SP), por meio da Secretaria Municipal de Saúde, definiu o cronograma de arrastões para combate à dengue até o fim deste ano e que cobrirá todo o município, atendendo, no total, 150 bairros. A previsão é que sejam recolhidas até 200 toneladas de inservíveis por meio desses arrastões, que são realizados pelas equipes de combate ao Aedes aegypti do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), coordenadas pelo PMCA (Plano Municipal de Combate ao Aedes aegypti).


Neste sábado (2), as regiões do Bosques do Lenheiro e Jardim Gilda recebem as equipes, que se reunirão na Escola Estadual Dom Aniger F. M. Melillo, na rua Pau Brasil, de onde partirão para a visita aos imóveis em busca de criadouros do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e Zika vírus.



De acordo com Sebastião Amaral Campos, o Tom, coordenador do PMCA, os arrastões serão desenvolvidos em todo o território do município até o fim do ano. “É um trabalho importante que realizamos todos os anos, vamos em busca de materiais que são potenciais criadouros do mosquito para tentar reduzir a incidência das doenças transmitidas por ele em nossa cidade”, diz Tom.


A ação está prevista para acontecer das 8h30 às 14h e respeitará todos os protocolos sanitários e de segurança da Covid-19. A orientação é para que os moradores deixem nas calçadas qualquer material que possa acumular água. Não serão recolhidos entulho, lixo doméstico e galhos de árvores. “Nesta semana estaremos com carro de som nessa região, informando a população sobre o arrastão e dando as devidas orientações para que a ação atenda as expectativas”, completou Tom.


De acordo com dados da Vigilância Epidemiológica, de 1º/01 até 24/03, foram notificados 1.261 casos de dengue, sendo 110 confirmados, sem óbitos pela doença. No mesmo período do ano de 2021, foram 4.497 notificações e 1.962 confirmações, sem morte. “Estamos sempre atuando em diversas frentes, fazendo parcerias, conscientizando a população para o combate ao mosquito Aedes. Vamos seguir trabalhando para a redução dos casos desta e de outras doenças na cidade. Contamos com a colaboração de todos”, reforçou Filemon Silvano, secretário de Saúde.


PREVENÇÃO

Alguns dos cuidados mais importantes para a prevenção da dengue são: Eliminar os focos de água parada; Manter os pratos de vasos de flores e plantas com areia até a borda do vaso; Guardar garrafas com a boca virada para baixo; Limpar sempre as calhas dos canos; Não jogar lixo em terrenos baldios; Colocar o lixo sempre em sacos fechados; Manter baldes e caixa d’água devidamente tampados e piscinas com colocação de cloro; Deixar pneus ao abrigo da chuva e da água; Furar latas de alumínio antes de ser descartadas para não acumular água; Lavar bebedouros de aves e animais pelo menos uma vez por semana; Em caso de suspeita da doença, entrar em contato imediatamente com uma unidade de saúde mais próxima de sua residência e jamais utilizar medicação por conta própria.



  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon