• O Canal da Lili

Após conversão, UPA Vila Rezende conta com 18 leitos para pacientes com Covid-19

UPA Vila Rezende terá 18 leitos para pacientes com Covid-19


A UPA Vila Rezende foi convertida para atendimento à Covid-19 - Imagem: Divulgação/CCS

A UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Vila Rezende terá mais 8 leitos para atendimento à Covid-19. A informação foi confirmada na última sexta-feira (12), pelo secretário de Saúde, Filemon Silvano. Sendo assim, agora a Vila Rezende passa a oferecer 16 leitos de enfermaria e 2 de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A medida faz parte de uma série de iniciativas anunciadas pelo prefeito Luciano Almeida na quinta-feira (11), visando aumentar o número de leitos para o combate à pandemia. Desde sexta-feira, Piracicaba passa a contar com 187 leitos para pacientes de Covid-19.


A UPA Vila Rezende foi convertida para atendimento à Covid-19, mas a população deve continuar procurando a UPA Piracicamirim, unidade referência no combate à Covid-19, para o atendimento primário. Somente após a triagem no Piracicamirim é que os pacientes, em caso de necessidade, são transportados numa unidade do Samu para a Vila Rezende.


LEI SANCIONADA

O prefeito Luciano Almeida sancionou na sexta (12), a lei municipal, aprovada em regime de urgência pela Câmara de Vereadores, em sessão realizada na última quinta-feira (11), que viabiliza a adesão do município ao consórcio público liderado pela FNP (Frente Nacional de Prefeitos) e que possibilitará a compra de vacinas contra a Covid-19 diretamente pelo município. A lei foi publicada no Diário Oficial do dia 12.


Ainda na manhã de sexta-feira, o prefeito Luciano e o secretário municipal da Semdettur (Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo), Júnior Guidotti, conversaram por videoconferência com representantes da Caterpillar, Hyundai, Klabin e Arcelor Mittal. No encontro, o prefeito propôs que as indústrias locais utilizem as suas respectivas estruturas e canais de importação para agilizar a compra de vacinas para o município.


Todos os representantes das indústrias se comprometeram a trabalhar nessa frente. Na prática, Piracicaba será beneficiada com a possibilidade de compra de vacinas usando esses canais de importação, além de receber, como doação, 50% dos lotes de vacinas que as próprias multinacionais adquirirem para vacinar seus funcionários.


PREFEITO EM BRASÍLIA

Luciano Almeida tem uma reunião agendada no Ministério da Saúde, nesta terça-feira (16). Ainda na capital federal, o prefeito visitará algumas embaixadas, visando iniciar negociações para compra de novos lotes de vacinas.

  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon