• O Canal da Lili

Alimentos in natura poderão reforçar cesta básica de famílias carentes em Piracicaba

A possibilidade de incluir alimentos in natura que não são comercializados pelos supermercados, varejões e hortas urbanas nas cestas básicas destinadas às famílias em situação de vulnerabilidade social, foi discutida pelo vereador Josef Borges (SD), na última quarta-feira (27), em reunião na Sema (secretaria municipal de Agricultura e Abastecimento), sob o comando de Nancy Thame, que também contou com a participação de Euclidia Fioravante, titular da Smads (secretária municipal da Assistência e Desenvolvimento Social).


Assunto foi discutido pelo vereador Josef Borges (SD) em reunião na Sema, comandada pela secretária Nancy Thame, com a participação de Euclidia Fioravante, titular da Smads - Imagem: Assessoria parlamentar

A ideia do projeto que pode complementar o Banco de Alimentos da Prefeitura de Piracicaba é do padre José Ailton Figueiredo. O sacerdote apresentou a proposta ao vereador que, percebendo a gravidade da crise econômica e o aumento de pessoas solicitando cestas básicas ao Poder Público, apoiou a ideia e a levou para as secretárias avaliarem a proposta, que pode ajudar a melhorar a qualidade dos alimentos ofertados às famílias e ainda gerar emprego e renda.


Para o padre, a ação pode promover a qualificação das famílias para que agreguem valor ao alimento recebido, produzindo doces em compota e outros alimentos que podem ser comercializados, gerando renda para elas e até resultando na formação de uma cooperativa.


As secretárias informaram que já estão discutindo a inclusão da chamada “cesta verde” com hortaliças e legumes nas cestas doadas às famílias que necessitam e que são assistidas pelo Fussp (Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba). A Smads atua no acompanhamento das famílias em situação de vulnerabilidade social, que são indicadas pelos Cras (Centros de Referência de Assistência Social) ao Fussp para receber a cesta básica. O órgão até lançou na cidade uma campanha para arrecadação de alimentos para aumentar o estoque e a distribuição das cestas.


Na ação da cesta verde, em início de estudo na Prefeitura, está previsto incentivo à produção de alimentos pela agricultura familiar, em Piracicaba. O objetivo integra as diretrizes da Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, conforme ressaltaram as secretárias Nancy e Euclídia.


O vereador Josef Borges acredita que a proposta pode auxiliar a Prefeitura a atender um número maior de pessoas e com alimentos saudáveis inclusos na cesta básica tradicional, como hortaliças, verduras e frutas que seriam doados pelos supermercados e estabelecimentos afins.

  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon