• O Canal da Lili

24ª Festa da Polenta de Santa Olímpia será no esquema drive-thru, no sábado (24) e no domingo (25)


Ingedientes usados no preparo das refeições oferecidas - Imagem: Divulgação

A 24ª edição da Festa da Polenta será neste fim de semana, dias 24 e 25, no esquema drive-thru, no bairro de Santa Olímpia. As reservas dos cardápios de sábado (24) e domingo (25) estão sendo feitas por grupos de WhatsApp e o pagamento pode ser feito na retirada, que acontecerá entre a Igreja e o Salão da Catequese do bairro.


O novo formato, o possível para a realização neste momento de pandemia, é a esperança da Associação de Santa Olímpia e o Circolo Trentino di Santa Olímpia, que tem a Festa como fonte principal de recursos. Os pedidos podem ser feitos até nesta sexta-feira (23).


Canedeli, sopa típica, que estará disponível neste sábado (24) - Imagem: Divulgação

No sábado, a retirada dos pratos pode ser feita das 18h às 21h. As opções do cardápio no sábado são polentota (polenta mole com molho de frango ou de linguiça) (R$10,00); canederli (sopa) (R$15,00); Cuscuz (R$ 10,00) e - vinho seco/suave (R$ 25). O endereço para pedidos do sábado é https://bit.ly/PedidoFestaPolentaSabado. No domingo, o drive-thru acontece das 11h às 14h.


Prato típico que estará disponível neste domingo (25) - Imagem: Divulgação

As opções do cardápio para o domingo são prato típico (polenta mole, molho de frango, crauti e cucagna) (R$35,00), espagueti (R$15,00) e vinho seco/suave (R$ 25,00). O endereço para pedidos do domingo é https://bit.ly/PedidoFestaPolentaDomingo. Os pedidos também podem ser feitos pelos telefones: 3415-5879 e 99449-8358.


Segundo Elsa Elsa Pompermayer Stenico, presidente do Circolo Trentino di Santa Olímpia, a ideia é não deixar passar em branco, apesar de ser totalmente diferente do que é a festa presencial.


“Nós temos expectativa de vender cerca de 500 pratos. Vamos enfeitar o local e músicas típicas serão tocadas durante o tempo que as pessoas forem retirar as encomendas. Queremos fazer uma boa venda. Já que não pudemos fazer nada o ano passado, este ano nós optamos pela realização, mesmo que em um novo formato, já que a festa é a nossa principal fonte de recursos”, detalha.


Moradores do bairro vestidos com trajes típicos na última edição presencial, realizada em 2019 - Imagem: Divulgação



  • Facebook Clean
  • Instagram Clean
  • White YouTube Icon